Ali ibne Faramurz

Ali ibne Faramurz (em persa: علی بن فرامرز) foi um emir cacuída de Iazde e Abarcu, filho de Faramurz.

Ali ibne Faramurz
Emir de Iazde e Abarcu
Reinado Ca. 1070 – 1095
Antecessor(a) Faramurz
Sucessor(a) Garsaspe II
 
Morte 1095
Descendência Garsaspe II
Dinastia Cacuída
Pai Faramurz
Religião Islamismo

VidaEditar

Ali era filho de Faramurz. Em Em 1076/1077, casou-se com a filha de Chagri Begue, de nome Arslã Catum, que era a viúva do califa abássida Alcaim (r. 1031–1075). Era um fiel vassalo seljúcida e passou a maior parte de seu reinado na corte do sultão Malique Xá I em Ispaã. Foi patrono do poeta persa Muizi, que fez alguns poemas dedicados a ele.[1]

Após a morte de Malique Xá I, em 1092, apoiou o irmão dele Tutuxe I, que dominava a parte ocidental do Império Seljúcida, e entendia que o direito dele ao trono era superior ao de Barquiaruque. Tutuxe, no entanto, foi derrotado decisivamente numa batalha perto de Rei em 1095, onde ele e Ali foram mortos. Ali foi sucedido por seu filho Garsaspe II.[1][2]

Referências

  1. a b Bosworth 1985, p. 848–849.
  2. Bosworth 1968, p. 38.

BibliografiaEditar

  • Bosworth, C. E. (1968). «The Political and Dynastic History of the Iranian World (A.D. 1000–1217)». In: Frye, R. N. The Cambridge History of Iran, Volume 5: The Saljuq and Mongol periods. Cambrígia: Imprensa da Universidade de Cambrígia. pp. 1–202. ISBN 0-521-06936-X 
  • Bosworth, C. E. (1985). «ʿAlī b. Farāmarz». Enciclopédia Irânica Vol. I, Fasc. 8. Nova Iorque: Imprensa da Universidade de Colúmbia