Amadou-Mahtar M'Bow

Amadou-Mahtar M'Bow GCIH (Dakar, Senegal, 20 de março de 1921) é um professor senegalês. Foi diretor-geral da UNESCO de 1974 até 1987.

Amadou-Mahtar M'Bow
Nascimento 20 de março de 1921
Dacar
Cidadania Senegal
Alma mater
  • Faculdade de Artes de Paris
Ocupação político, diplomata
Prêmios
  • doutor honoris causa na Universidade Laval (1982)
  • honorary doctor of the University of Sherbrooke (1975)
  • Grand Cross of the Order of the Southern Cross
  • Grã-Cruz da Ordem do Infante Dom Henrique (2017)
  • Grã-Cruz da Ordem Civil de Afonso X, o Sábio
  • Grã-Cruz da Ordem O Sol do Peru
  • Comandante da Legião de Honra (2011)
  • Comendador das Artes e das Letras
  • Comandante da Ordem Francesa das Palmas Acadêmicas
  • doutor honoris causa da Universidade Politécnica da Catalunha (1987)
  • doutor honoris causa da Universidade de Pequim (1983)
  • Zamenhof award (1986)
  • honorary doctorate from the Pontifical Catholic University of Peru
  • honorary doctor of the University of Belgrade
Empregador Organização das Nações Unidas

A 6 de abril de 2017, foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique pelo Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, por ocasião da visita deste último ao Senegal.[1]

Referências

  1. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Amadou-Mahtar M'Bow". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 17 de fevereiro de 2018 

Ligações externasEditar

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Amadou-Mahtar M'Bow