Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados de Amazonas, veja Amazonas (desambiguação).
Amazonas
Departamento da Colômbia
Bandeira de Amazonas Escudo de Amazonas
(Detalhe) (Detalhe)
Lema: ¡Entre todos podemos! (Entre todos podemos!)
Location of Amazonas
Capital Leticia
Governador Olbar Andrade Rincón
Fundação 1928
Área 109.665 km²
População
 - Total (2003)
 - Densidade
 
77 989
0,71 hab./km²
IDH 0,701 (2017) - medio [1]
Adjetivo (Gentílico) amazonense

O Amazonas é um dos trinta e dois departamentos da Colômbia, localizado na parte meridional do país, em grande parte ao sul da Linha do Equador. É o maior departamento da Colômbia em termos de área territorial e seu território se consiste inteiramente pela floresta amazônica. É limitado ao norte pelos departamentos de Caquetá e Vaupés, ao noroeste com o departamento de Putumayo, ao sul e oeste com o Peru e ao leste com o Brasil, pelo estado brasileiro do Amazonas. O Amazonas é ainda, o departamento colombiano que possui as maiores fronteiras internacionais.[2]

A região sul do departamento, em confluência com o rio Putumayo, é chamada de "Trapeze Amazônia", que inclui a área da tríplice fronteira entre Colômbia, Peru e Brasil. O acesso da Colômbia para o rio Amazonas e a capital do departamento, a cidade de Leticia, localizam-se na fronteira do mesmo com o Brasil.[2]

Índice

HistóriaEditar

Como um departamento, o Amazonas é um dos mais novos na Colômbia. Até 1991, fazia parte dos chamados "territórios nacionais" do país, uma entidade bastante controversa, mas eliminou a redistribuição territorial da nova Constituição. É, ainda, um dos departamentos colombianos onde mais foi preservada a presença dos povos indígenas da família linguística Arawak.

Entre os primeiros exploradores europeus do território estão Francisco de Orellana, que explorou também o estado brasileiro do Amazonas, e deu o nome à selva. A colonização do espanhol colocou-a sob o controle da província de Popayan, mas a independência das colônias espanholas desencadearam um estado expansionista das novas repúblicas irmãs, especialmente Peru e Brasil. A Colômbia, com sua maioria concentrada na região andina, politicamente, perderia grande parte do território amazônico.

Em 1822 a Amazônia era parte do Departamento de Azuay, que variou de Boyacá para o território do atual Peru durante a existência da Gran Colômbia. Em 1858, pertencia ao Território Caquetá, que fazia parte do estado soberano do Cauca. Na reforma constitucional de 1886, o estado soberano de Cauca tornou-se o Departamento de Cauca. Entre 1920 e 1930, a Colômbia e o Peru legitimam sua fronteira através do Tratado Salomón-Lozano, em que ambas as repúblicas, os territórios entre os rios Caquetá e Napo espalham-se. Entre estes está cedido para a Amazônia colombiana a região onde está Leticia, cidade amazônica fundada por colonos peruanos.[3]

Em 1928, como base para a delimitação da fronteira entre a Colômbia e o Peru, o Comissário da Amazônia expandiu seu território para o norte, para as partes onde o município de Caquetá é criado. Em 1943, o nome da região é alterado para agência especial do Amazonas, em seguida, em 1951, novamente rebatizado como Administração Nacional do Amazonas. Em 1957, adotou o nome de Comissão Especial da Amazônia, que se alterou em 6 de julho de 1991, passando para Departamento do Amazonas.[3]

GeografiaEditar

MunicípiosEditar

  1. El Encanto
  2. La Chorrera
  3. La Pedrera
  4. Letícia
  5. Mirití-Paraná
  6. Puerto Nariño
  7. Puerto Santander
  8. Tarapacá

EtniasEditar

Cor/Raça Porcentagem
Mestiços e Brancos 55,16%
Indígenas 42,84%
Afro-colombianos 2,01

EconomiaEditar

A economia deste departamento é baseada na extração de madeira, borracha e chicle, caça, pesca, agricultura (milho, banana, arroz e mandioca) e ecoturismo.

Nos últimos anos tornou-se um importante centro turístico nacional e internacional pela exuberância das suas paisagens e sua fauna e flora ricas. Entre os destaques estão: a Ilha dos Macacos, Lagos Tarapoto e Canyon e aldeias indígenas. Também há a extração de ouro, borracha, minerais e madeira, mas a exploração da pesca e da agricultura complementam o movimento econômico na região.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Colombia IDH» (em inglês). Global Data Lab. Consultado em 5 de maio de 2019 
  2. a b «Amazonas - Información del Departamento» (em espanhol). Gobernación de Amazonas (salvo em archive.is). Consultado em 5 de maio de 2019 
  3. a b «Reseña histórica y generalidades del Amazonas». www.corpoamazonia.gov.co (em espanhol). Corpoamazonia. Consultado em 13 de novembro de 2014 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Amazonas (Colômbia)
  Este artigo sobre Geografia da Colômbia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.