Amora-vermelha

Como ler uma infocaixa de taxonomiaAmora-Vermelha
Rubus rosifolius
Rubus rosifolius
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Rosales
Família: Rosaceae
Género: Rubus
Espécie: R. rosifolius
Nome binomial
Rubus rosifolius
Sm. 1791

A Amora-vermelha é o pseudofruto de Rubus rosifolius Sm., uma planta considerada nativa de diversas regiões da África (Ilhas Maurício), de grande parte dos países Ásia e Oceania (Austrália, lhas Salomão, Nova Caledônia, Papua Nova-Guiné e Vanatu).[1][2]

Erroneamente considerada como uma planta nativa no Brasil, é uma espécie introduzida e descrita como invasora no território brasileiro.[3] Tornou-se naturalizada às condições brasileiras e está distribuída em áreas do Cerrado e Mata Atlântica, em Floresta Ombrófila Densa e Mista.[4]

Pequeno arbusto de, no máximo, 1,50 m de altura. Forma amplas touceiras. É facilmente reconhecível pelos espinhos no caule e nas folhas e pela folhagem bastante recortada. As flores são brancas. Os "frutos" são bolinhas vermelhas e ocas. Com as amoras se fazem geléias, doces, compotas e vinhos.

A amora-vermelha é comum no Brasil nas regiões altas e frias, principalmente no Sudeste e no Sul. Invade preferencialmente ambientes úmidos (com mais de 1.800 mm de precipitação média anual), iluminados (exige sol parcial para florescer e frutificar, mas se desenvolve melhor em pleno sol), e em ambientes com altitude de moderada a elevada.[5]

Sinonímia e variedadesEditar

  • Rubus commersonnii Poir.
  • Rubus coronarius
  • Rubus eustephanos var. coronarius
  • Rubus rosaefolius Smith
  • Rubus rosifolius Smith var. coronarius Sims
  • Rubus rosifolius var. commersonii
  • Rubus rosifolius var. rosifolius

ReferênciasEditar

  1. «Rubus rosifolius (roseleaf raspberry)». www.cabi.org (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2018 
  2. «Taxonomy - GRIN-Global Web v 1.10.3.6». npgsweb.ars-grin.gov. Consultado em 10 de outubro de 2018 
  3. «Base de Dados I3N Brasil». i3n.institutohorus.org.br. Consultado em 10 de outubro de 2018 
  4. «Rubus rosifolius var. rosifolius - Amora-vermelha - FloraSBS». sites.google.com. Consultado em 3 de agosto de 2018 
  5. «Base de Dados I3N Brasil». i3n.institutohorus.org.br. Consultado em 10 de outubro de 2018 
  • Smith, J. E., Plantarum Icones Hactenus Ineditae 3: 60. 1791. [1]

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre a ordem Rosales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Amora-vermelha