Abrir menu principal

"Amours mortes (tant de peine)" (tradução portuguesa: "Amores mortos (tanta tristeza)") foi a canção que representou o Luxemburgo no Festival Eurovisão da Canção 1957 que teve lugar em Frankfurt am Main, na Alemanha.

Luxemburgo"Amours mortes (tant de peine)"
Festival Eurovisão da Canção 1957
País
Artista(s)
Língua
Francês
Compositor(es)
Jean-Pierre Kemmer
Letrista(s)
Jacques Taber
Performance das finais
Resultado da final
Pontos da final
8
◄ "Les amants de minuit" (1956)   
"Un grand amour" (1958) ►

A referida canção foi interpretada em francês pela cantora francesa Danièle Dupré. Foi a segunda canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção da Bélgica "Straatdeuntje", cantada por Bobbejaan Schoepen e antes da canção do Reino Unido "All", interpretada por Patricia Bredin. Terminou a competição em quarto lugar (entre 10 participantes), tendo recebido um total de 8 pontos.No ano seguinte, o Luxemburgo foi representado por Solange Berry que interpretou o tema "Un grand amour".

Les amants de minuit

Índice

AutoresEditar

Autores da canção
Letrista: Jacques Taber
Compositor: Jean-Pierre Kemmer
Orquestrador: Willy Berking

LetraEditar

A canção é de estilo chanson, com Dupré[1] referindo como se sente triste por ter terminado uma relação amorosa. Não foi lançado comercialmente nenhum disco com esta canção.

Referências

Ligações externasEditar