André Domingos

velocista brasileiro
André Domingos da Silva
Informações pessoais
Nome completo André Domingos da Silva
Modalidade Atletismo (100 e 200 m rasos e 4x100 m)
Nascimento 26 de novembro de 1972 (47 anos)
Santo André,  São Paulo
Nacionalidade Brasil brasileiro
Compleição Peso: 78 kg Altura: 1,87 m

André Domingos da Silva (Santo André, 26 de novembro de 1972) é um atleta brasileiro, especializado em provas de curta distância.

Um de seus melhores resultados foi a medalha de prata no revezamento 4x100 metros rasos nas Olimpíadas de Sydney em 2000. Participou de outras três Olimpíadas: Barcelona 1992, Atlanta 1996 (medalha de bronze no 4x100 m) e Atenas 2004.[1]

É o segundo melhor brasileiro de todos os tempos (atrás apenas de Róbson Caetano) na prova dos 100 metros, tendo com recorde pessoal 10,06 s, obtidos em 1999.[2]

Nos Jogos Olímpicos de Sidney 2000, conquistou a medalha de prata no revezamento 4x100m, com o tempo de 37s90, junto com Claudinei Quirino, Édson Luciano e Vicente Lenílson. A medalha de ouro foi para a equipe dos Estados Unidos. Posteriormente, em 2008, o corredor Tim Montgomery, que participou deste revezamento, confessou o uso de doping, o que deveria anular o ouro dos EUA e transferi-lo para o Brasil, mas até hoje o COI não deu ganho de causa ao Brasil. [3]

Referências

  Este artigo sobre atleta é um esboço relacionado ao Projeto Desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.