Cláudio Roberto Souza

velocista brasileiro
Cláudio Roberto Souza
Informações pessoais
Nome completo Cláudio Roberto Souza
Modalidade Atletismo (100 m rasos e 4x100 m)
Nascimento 14 de outubro de 1973 (47 anos)
Teresina,  Piauí
Nacionalidade  Brasil
Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Sydney 2000 4 x 100 metros rasos
Campeonatos Mundiais
Prata Paris 2003 4 x 100 metros rasos

Cláudio Roberto Souza (Teresina, 14 de outubro de 1973) é um ex-atleta brasileiro, que competia nas pistas de atletismo como velocista, especializado nos 100 e 200 metros rasos.

Nos Jogos Olímpicos de Sidney em 2000, conquistou a medalha de prata na modalidade de revezamento 4x100m (até então mantida, a despeito da confissão de um dos membros da equipe americana, Tim Montgomery, de ter corrido dopado),[1] com o tempo de 37s90.[2] Cláudio era reserva da equipe brasileira composta por Claudinei Quirino, Édson Luciano, André Domingos e Vicente Lenílson, mas correu nas etapas eliminatórias.

Apesar de ter corrido a eliminatória (recebeu durante os Jogos Pan-americanos de 2003 um broche reservado aos medalhistas olímpicos), ter direito à medalha olímpica, e também ao certificado de medalhista olímpico, somente em 06 de maio de 2020 o Comitê Olímpico Internacional comunicou que encaminhará a honraria ao atleta.[3]

Também conquistou uma medalha de prata no revezamento 4 x 100 metros no Campeonato Mundial de Atletismo de 2003 em Paris, juntamente com os companheiros de equipe Vicente de Lima, Édson Luciano e André Domingos, e a medalha de ouro nos Jogos Panamericanos de Santo Domingo em 2003, no revezamento 4 x 100 metros (após confirmação do doping do americano Mickey Grimmes, integrante do revezamento americano, vencedor da prova) [1], como reserva da mesma equipe que foi medalhista olímpica. A equipe brasileira de revezamento terminou em oitavo lugar nos Jogos Olímpicos de Atlanta em 2004. Nos 100 metros rasos, Souza terminou em quinto lugar na Universíada de Verão de 2001, em Pequim.

Seus recordes pessoais individuais nas provas em que era especialista são 10s19 nos 100 metros rasos e 20s24 nos 200 metros rasos.

O atleta viveu por muitos anos na cidade de Jaú, São Paulo, onde possuía um projeto social, e retornou ao Piauí, onde coordena um projeto de formação de atletas.[4]

Referências

  1. «Globoesporte.com > Atletismo - NOTÍCIAS - Comitê americano pede a Montgomery que devolva a medalha de ouro de Sydney». globoesporte.globo.com. Consultado em 18 de maio de 2020 
  2. «Sydney 2000 4x100m relay men - Olympic Sydney 2000 Athletics». International Olympic Committee (em inglês). 21 de março de 2019. Consultado em 18 de maio de 2020 
  3. «Brasileiro receberá medalha olímpica com 20 anos de atraso». Globoesporte. Consultado em 18 de maio de 2020 
  4. «Governo do Piauí». Governo do Piauí. Consultado em 18 de maio de 2020