Abrir menu principal
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde abril de 2017).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde outubro de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Andrei Biéli
Retrato de Andrei Biely, por Léon Bakst
Nome nativo Boris Nikolaevich Bugaev
Nascimento 26 de outubro de 1880
Moscou
Morte 8 de janeiro de 1934 (53 anos)
Moscou
Sepultamento Cemitério Novodevichy
Nacionalidade russo
Cidadania Império Russo, União Soviética
Progenitores Pai:Nikolai Bugaev
Cônjuge Desconhecido, Desconhecido
Ocupação Romancista, poeta, teórico e crítico literário
Religião Igreja Ortodoxa
Causa da morte hemorragia intracerebral

Andrei Biéli (em alfabeto cirílico Андрей Белый) era o pseudônimo de Boris Nikolaevich Bugaev (26 de Outubro de 1880 - 8 de Janeiro de 1934) foi um romancista, poeta, teórico e crítico literário do simbolismo russo. Foi um dos precursores do Cubofuturismo, sendo posteriormente muito atraído por este. Seu excelente romance Petersburgo foi considerada por Vladimir Nabokov como um dos quatro maiores romances do século XX. Foi muito atraído das Obras de Rudolf Steiner.

BibliografiaEditar

  • ANDREI BELI - Petersburgo; tr. N. e F. Guerra, Lisboa, 2010.
  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andrei Biéli