Angelica Hale

cantora norte-americana

Angelica Hale (Atlanta, 31 de julho de 2007) é uma cantora infantil americana. Ela competiu na 12ª temporada do America's Got Talent e se tornou a segunda colocada. Ela perdeu para Darci Lynne.[1][2]

Angelica Hale
Angelica Hale no tapete vermelho no Celebrity Fight Night XXV.
Informação geral
Nome completo Angelica Hale
Nascimento 31 de julho de 2007 (13 anos)
Local de nascimento Atlanta, Geórgia
 Estados Unidos
Ocupação(ões) Cantora
Período em atividade 2017—presente

InfânciaEditar

Angelica Hale nasceu, filha de James Hale e Eva Bolando, em Atlanta, Geórgia.[3]

Aos quatro anos, Hale contraiu uma grave pneumonia bacteriana, causando choque séptico e falência de múltiplos órgãos, incluindo os rins, e deixou cicatrizes permanentes no pulmão direito. Ela foi colocada em coma induzido clinicamente e transferida do Children's Healthcare de Atlanta Scottish Rite para Children's Healthcare de Atlanta Egleston e colocada em suporte de vida por ECMO. Depois de passar 12 dias em ECMO e 80 dias no hospital se recuperando, ela teve alta para ir para casa em 24 de abril de 2012. Em 13 de setembro de 2013, depois de passar um ano e meio em diálise, Hale recebeu um transplante de rim que salvou vidas de a mãe dela.[4]

Logo depois, Hale começou a ter aulas de canto com a treinadora vocal Tara Simon em Alpharetta, Geórgia. Em seguida, ela ganhou um concurso de canto para crianças de cinco a nove anos e se apresentou para muitas funções de caridade, como Children's Miracle Network Hospitals e Children's Healthcare de Atlanta.[5]

CarreiraEditar

America's Got TalentEditar

Em 2017, Hale competiu na décima segunda temporada de America's Got Talent, onde ela conseguiu passar das audições com sua interpretação de "Rise Up" de Andra Day. Na rodada de Judge Cuts, Hale recebeu uma campainha dourada do juiz convidado Chris Hardwick, depois de fazer a cobertura de "Girl on Fire" de Alicia Keys, e avançou imediatamente.[6] Durante os shows ao vivo, ela cantou "Clarity" por Zedd e Foxes nas quartas de final e "Without You" por David Guetta em sua apresentação nas semifinais.[7] Hale avançou para as 10 finais, onde cantou "Symphony", de Clean Bandit e Zara Larsson. Para o episódio final no episódio 22, ela cantou "Stronger (What Doesn't Kill You)", de Kelly Clarkson, com Clarkson e o concorrente Kechi Okwuchi. Ela terminou a competição em segundo lugar, tornando-se a segunda colocada mais jovem na história do programa.[8]

Vida pessoalEditar

Angelica Hale tem uma irmã mais nova, Abigail, que nasceu em Santa Mônica.

NotasEditar

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Angelica Hale».

Referências

  1. «'America's Got Talent' Season 12 Finale Recap: A New Champion is Crowned». buddytv.com. 21 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2020. Arquivado do original em 21 de setembro de 2017 
  2. Magazine, Suwanee (30 de abril de 2019). «Suwanee's Got Talent: Angelica Hale». Suwanee Magazine (em inglês). Consultado em 1 de setembro de 2020 
  3. «Martial law: If not ready, don't do it». Philstar Mobile. 18 de setembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2020. Arquivado do original em 23 de setembro de 2017 
  4. «Angelica Hale: America's Got Talent Contestant - NBC.com». NBC (em inglês). Consultado em 1 de setembro de 2020 
  5. «Angelica Hale - Sobre». www.facebook.com. Consultado em 1 de setembro de 2020 
  6. Shilliday, Beth (19 de julho de 2017). «Angelica Hale, 9, Gets Golden Buzzer From Chris Hardwick After Breathtaking AGT Performance». Hollywood Life (em inglês). Consultado em 1 de setembro de 2020 
  7. «Angelica Hale makes it to America's Got Talent final: 'Dream come true'». The National (em inglês). Consultado em 1 de setembro de 2020 
  8. Interaksyon (21 de setembro de 2017). «Angelica Hale wins first runner-up in 'America's Got Talent'». Interaksyon (em inglês). Consultado em 1 de setembro de 2020 

Ligações externasEditar