Angelus Kujur

Angelus Kujur SJ (Mundaltoli, 14 de julho de 1946) é um religioso indiano e bispo católico romano emérito de Purnea.[1]

Angelus Kujur ingressou na ordem jesuíta e foi ordenado sacerdote em 13 de abril de 1980. Estudou psicologia e espiritualidade de 1981 a 1985 na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma. Depois foi pároco e mestre de noviços em Jisu Jaher, Dumka e desde 1989 primeiro provincial da província jesuíta de Dumka-Raiganj.[2]

Papa Bento XVI nomeou-o Bispo de Purnea[3] em 20 de janeiro de 2007. O arcebispo de Ranchi, Cardeal Telesphore Placidus Toppo, conferiu-lhe a consagração episcopal em 18 de abril do mesmo ano; Os co-consagradores foram Vincent Barwa, Bispo Auxiliar de Ranchi, e Julius Marandi, Bispo de Dumka.

Em 8 de dezembro de 2021, o Papa Francisco aceitou a renúncia de Angelus Kujur por motivos de idade.[4]

Ver tambémEditar

 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Angelus Kujur

Referências

  1. Catholic-Hierarchy.org: Bishop Angelus Kujur, S.J.
  2. «Bishop Angelus Kujur, S.J» (em inglês). ucanews.com. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  3. «NOMINA DEL VESCOVO DI PURNEA (INDIA» (em italiano). vatican.va. 20 de janeiro de 2007. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  4. «Rinuncia e nomina del Vescovo di Ouesso (Repubblica del Congo)» (em italiano). vatican.va. 8 de dezembro de 2021. Consultado em 8 de dezembro de 2021 
  Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.