Abrir menu principal

Antônio IV de Constantinopla

Antônio IV de Constantinopla (em grego: Αντώνιος Δ΄) foi o patriarca grego ortodoxo de Constantinopla entre 1389 e 1390 e novamente entre 1391 e 1397.

Vida e obrasEditar

Antônio foi eleito patriarca no dia 12 de janeiro de 1389 durante o reinado de João V Paleólogo como sucessor de Nilo Querameu[1] e foi deposto em agosto do ano seguinte, durante a tentativa de golpe de João VII Paleólogo, que manteve o controle da capital imperial por cinco meses durante os quais o antigo patriarca deposto Macário foi o patriarca. Depois da retomada da cidade por Manuel II Paleólogo, ele foi novamente alçado ao trono patriarcal em março de 1391 e foi ele quem coroou o imperador e sua esposa após o casamento deles em 10 de fevereiro de 1392. No ano seguinte, ele reafirmou a primazia do imperador sobre o Império, ainda que este, na época, correspondesse somente à capital Constantinopla[2]. Em 1397, Antônio enviou emissários ao grão-duque da Lituânia Jogaila pedindo ajuda e pediu-lhe que juntasse forças com Sigismundo da Hungria contra os turcos otomanos turcos que cercavam a capital[3].

Antônio também manteve correspondências com Basílio I da Rússia nas quais ele defende a autoridade espiritual universal do Patriarcado de Constantinopla e também a autoridade universal dos imperadores bizantinos, mesmo frente ao diminuto tamanho do Império à época[4].

Antônio IV morreu em maio de 1397 e foi sucedido por Calisto II de Constantinopla.

Ver tambémEditar

Antônio IV de Constantinopla
(deposto e reinstalado)

(1389 - 1390 / 1391 - 1397)
Precedido por:  

Patriarcas grego ortodoxos de Constantinopla

Sucedido por:
Nilo
Macário I
151.º Macário I
Calisto II

Referências

  1. Venance Grumel, Traité d'études byzantines, « La Chronologie I », Presses universitaires de France, Paris, 1958, p. 437.
  2. Donald M. Nicol, Les derniers siècles de Byzance, éditions Texto, Paris 2008, p. 322-323.
  3. Donald M. Nicol, op. cit., p. 330.
  4. Kazhdan, Alexander, ed. (1991), Oxford Dictionary of Byzantium, ISBN 978-0-19-504652-6, Oxford University Press, p. 125 

BibliografiaEditar

  • Donald M. Nicol, Les derniers siècles de Byzance 1261-1453 , éditions Texto, Paris, 2008 ISBN 9782847345278.