Antal Doráti

Antal Doráti (9 de Abril de 1906 - 13 de Novembro de 1988) foi um maestro e compositor húngaro.

Antal Doráti
Nascimento Deutsch Antal
9 de abril de 1906
Budapeste
Morte 13 de novembro de 1988 (82 anos)
Gerzensee
Cidadania Estados Unidos, Hungria
Alma mater
Ocupação maestro, compositor
Prêmios
  • Cavaleiro Comandante da Ordem do Império Britânico (1983)
  • Béla Bartók - Ditta Pásztory Award (1986)
Antal Doráti (1962)

VidaEditar

Doráti nasceu em Budapeste, Hungria, onde seu pai era violinista da Orquestra Filarmônica de Budapeste. Ele estudou na Academia de Música Franz Liszt composição com Zoltán Kodály e Leo Weiner e piano com Béla Bartók. Ele fez sua estréia como maestro em 1921 na Ópera Real de Budapeste. Em 1941 ele foi nomeado o maestro principal da orquestra do Teatro de Ballet Estadunidense, permanecendo no cargo até 1945. De 1945 até 1948 ele foi o maestro da Orquestra Sinfônica de Dallas. Em 1947 ele naturalizou-se cidadão estadunidense. De 1949 até 1960 ele foi o principal maestro da Orquestra Sinfônica de Minneapolis. De 1963 até 1966 ele foi o maestro da Orquestra Sinfônica da BBC, com qual ele fez sua performance de aposentadoria, a Sinfonia em Cinco Movimentos e a Suite Madrigal. De 1966 até 1970 ele foi o maestro principal da Filarmônica de Estocolmo, com quem ele realizou a primeira turnê internacional da orquestra. De 1970 até 1977 ele foi o maestro da Orquestra Sinfônica Nacional (Estados Unidos). De 1977 até 1981 ele foi maestro principal da Orquestra Sinfônica de Detroit e de 1975 até 1979 ele foi o maestro da Orquestra Filarmônica Real. Doráti conduziu a estréia mundial do Concerto de Viola de Bartók com a Orquestra Sinfônica de Minneapolis em 1949.[1][2][3]

Em 1979 ele publicou sua autobiografia, intitulada Notes of Seven Decades. EM 1983 a Rainha Elizabeth II fez de Doráti um Cavaleiro Honorário Comandante da Ordem do Império Britânico.

Dorati morreu aos oitenta e dois anos em Gerzensee, Suíça.

Referências

  1. MacDonald, Calum (março de 1989). «Antal Doráti (1906–88): His Final Works». Cambridge: Cambridge University Press. Tempo. New Series (168 (50th anniversary)): 37. ISSN 0040-2982. JSTOR 944857. OCLC 52740292. doi:10.1017/S0040298200024931 
  2. Chlupaty, Richard (2006). Antal Doráti and the joy of making music. [S.l.]: The Antal Doráti Centenary Society. ISBN 978-0-9552469-0-6. OCLC 81249116 
  3. Chlupaty, Richard (2013). Antal Doráti and his recorded legacy. United Kingdom: Antal Doráti Centenary Society. ISBN 978-0-9552469-1-3. OCLC 853247311 

Ligações externasEditar