Arguisti I

Arguisti I (Urartiano: Argištiše, em armênio/arménio: Արգիշտի; romaniz.: Argishti) foi o sexto rei conhecido do antigo Reino de Urartu (na Anatólia oriental) de 785 a.C. até 763 a.C.. Ele fundou a cidadela de Erebuni em 782 a.C., que atualmente é a capital da Armênia, Erevã.

Estátua de Arguisti I feita em Tufa.

Seu filho e sucessor Menuas, deu continuidade a série de conquistas iniciada pelos seus predecessores. Vitorioso contra a Assíria, conquistou a parte nordeste da Síria e fez de Urartu o mais poderoso estado no Oriente próximo pós-Hititas. Ele também expandiu seu reino ao norte do Lago Sevan, conquistando muito dos vales do Diauehi e do Ararate. Arguisti construiu a Fortaleza Erebuni em 782 a.C., e a fortaleza de Arguistinili, em 776 a.C..

Muitos linguistas acreditam que o nome Argištiše tem etimologia indo-europeia (armênio, Frígio ou Luvita). Compare Grego Άργέστης – "brilhante" e armênio արեգ (transliterado areg) – "Sol divino", "Sol".

ReferênciasEditar

  • N. Adontz, Historie d'Arménie, les origines, Paris, 1946.

Ligações externasEditar

Precedido por
Menuas
Rei de Urartu
785 a.C.-763 a.C.
Sucedido por
Sarduris II