Abrir menu principal

Armando do Carmo Goes (Leiria, Marrazes, 1 de março de 1906Lisboa, Areeiro, 27 de junho de 1967) foi um cantor e fadista português.

Armando Goes concluiu os estudos secundários no Lyceu Francisco Rodrigues Lobo, onde teve como colega o seu amigo Afonso de Sousa, com quem faria um percurso de serenatas, orfeon e tuna do liceu[1]. Iniciou em seguida, no Porto, o curso de Medicina, que terminou em 1930, já em Coimbra[1]. Cedo se notabilizou como intérprete do Fado de Coimbra[2][3], realizando mais de dez gravações,[4] entre 1927 e 1930[1]. Estabelecido em Lisboa, onde abriu consultório médico, continuou a ser muito requisitado para cantar em Coimbra, mas após a separação matrimonial, dedicou-se exclusivamente à medicina e à pintura[1]. Foi tio de Luiz Goes[3].

Referências

  1. a b c d Guitarra de Coimbra. «Armando Goes». Consultado em 30 de Setembro de 2018 
  2. «Armando Goes em destaque na Torre de Anto». Município de Coimbra. Consultado em 1 de Outubro de 2018 
  3. a b «Luiz Goes». Infopédia. Consultado em 30 de Setembro de 2018 [ligação inativa]
  4. «Pesquisa (Armando Goes)». Fonoteca Municipal de Lisboa. Consultado em 1 de Outubro de 2018