Abrir menu principal

Marrazes

localidade e antiga freguesia de Portugal
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2014). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Portugal Marrazes 
  Freguesia portuguesa extinta  
Brasão de armas de Marrazes
Brasão de armas
Marrazes está localizado em: Portugal Continental
Marrazes
Localização de Marrazes em Portugal Continental
Coordenadas 39° 45' 55" N 8° 48' 28" O
Concelho primitivo Leiria
Concelho (s) atual (is) Leiria
Freguesia (s) atual (is) Marrazes e Barosa
Fundação 1829[1]
Extinção 2013
Área [2]
- Total 19,13 km²
População (2011) [3]
 - Total 22 528
    • Densidade 1 177,6 hab./km²
Orago São Tiago[1]

Marrazes foi uma freguesia urbana da cidade de Leiria, com 19,13 km² de área e 22 528 habitantes. Densidade: 1 177,6 hab/km².

Foi sede de uma freguesia extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, para, em conjunto com Barosa formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Marrazes e Barosa da qual é a sede.[4]

A freguesia de Marrazes é influenciada por outros aglomerados populacionais próximos, como Leiria, Marinha Grande, Pombal, Batalha, Porto de Mós, Ourém, Fátima e Alcobaça. Está também próximo de praias como a Praia da Vieira, a Praia do Pedrógão, São Pedro de Moel, Paredes da Vitória e Nazaré.

Conhecida como sendo o local de onde são naturais o atleta campeão nacional de salto em comprimento João Rocha, e o cantor David Fonseca.

Índice

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Marrazes [5]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
2 020 2 015 2 504 2 881 3 225 3 544 3 815 4 487 5 595 6 451 7 600 10 671 13 026 20 442 22 528

Marrazes situa-se dentro da área urbana de Leiria. Esta freguesia tem mais de 20.000 habitantes sendo então a mais populosa do concelho de Leiria e das que possui maior densidade populacional no distrito.

A freguesia possuí uma vasta oferta habitacional e por garantir uma considerável oferta de trabalho, graças à sua forte componente industrial e comercial, esta freguesia registou, segundo os dados obtidos pelos Censos de 2001, um crescimento populacional superior a 53%, contra a média nacional que se situou abaixo dos 7,5%.

EconomiaEditar

Sectores Económicos:

  • Primário - 6%
  • Secundário - 45%
  • Terciário - 49%

A agro-pecuária, a indústria e o comércio são, hoje, os principais baluartes económicos desta freguesia. No entanto, a indústria é o sector onde Marrazes mais de destaca. Actualmente, as unidades industriais proliferam por toda a freguesia e prova do seu desenvolvimento é a existência da maior área industrial concelhia: a Zona Industrial da Cova da Faias (ZICOFA).

EducaçãoEditar

No âmbito da educação, encontra-se dotada os seguintes estabelecimentos:

EquipamentosEditar

  • Igreja Matriz
  • Escola de Música - Filarmónica S. Tiago de Marrazes
  • Junta de Freguesia
  • Museu Escolar
  • Pavilhão Polidesportivo
  • Sport Club Leiria Marrazes, SCLM
  • Polícia de Segurança Pública, PSP
  • Bombeiros Voluntários de Leiria
  • Centro de Saúde Arnaldo Sampaio
  • Bairro Social Dr. Francisco Sá Carneiro
  • Vários restaurantes típicos da região
  • Farmácias (em Marrazes, Marinheiros, Gândara e Nova Leiria)
  • Supermercados: Ponto Fresco, Intermarché, Bricomarché, Stationmarché, Lidl, Pingo Doce
  • Leiria City Park: Moviflor, supermercado Aldi, Vodafone
  • Atlético Clube Da Sismaria
  • Escola Secundária Afonso Lopes Vieira

Mata dos MarrazesEditar

A Mata dos Marrazes estende-se por uma área de 90 hectares, característica que lhe valeu o epíteto de “pulmão da cidade de Leiria”.

Este espaço de lazer conta com espaços verdes, parque de merendas e um circuito de manutenção aberto a toda a população.

A Mata de Marrazes será dotada de equipamentos de utilização no âmbito de actividade desportiva formal e informal, designada de Aldeia do Desporto. Equipamentos estes que se tornarão bastante importantes face ao famoso slogan desta terra: "Suba Marrazes". Esta expressão surgiu antes do começo do Estado Novo, tendo sido, por isso, censurada até à queda do regime em 25 de Abril de 1974.

Equipamentos previstos:

  • Piscina
  • Campos de futebol
  • Pavilhão multiusos
  • Campos de ténis
  • Pista de ciclismo
  • Circuitos de manutenção e circuitos pedestres
  • Parque infantil
  • Parque aventura
  • Caixas de areia (voley de praia)

Museu EscolarEditar

O Museu Escolar de Marrazes teve a sua origem num projecto pedagógico, posto em prática pelos professores do 1° Ciclo do Ensino Básico de Marrazes no ano lectivo de 1992/93 com o título "A Escola Através dos Tempos".

Em 2001 integrou na Rede Portuguesa de Museus, atingindo uma importante etapa no panorama museológico português. Este vasto espólio só foi possível porque os doadores surgem de qualquer ponto do país e, generosamente, entregam ao Museu Escolar os objectos que possuem para que sejam preservados, investigados e expostos.

O Museu Escolar é, por isto, um projecto único no nosso país, que se reveste de excepcional afirmação cultural e de interesse para a comunidade escolar. Está integrado na Rede Portuguesa de Museus, inscrito na Associação Portuguesa de Museologia e é membro do ICOM (International Council of Museums).

GastronomiaEditar

Marrazes dispõe alguns dos melhores restaurantes do concelho e distrito de Leiria, alguns dos quais reconhecidos nacionalmente pela excelência no serviço e qualidade gastronómica das suas ementas.

Quanto aos pratos típicos, a freguesia de Marrazes oferece aos seus visitantes deliciosos acepipes, como a Fritada (Entrecosto de Porco e Morcela de Arroz, grelos e batata cozida), e pratos de carne como a Feijoada e o Cabrito Assado.

No que toca aos doces regionais, destacam-se o “Bolo da Festa” e os Bolinhos com frutos secos, característicos do Dia do Bolinho (Dia de Todos os Santos).

Lugares da Antiga FreguesiaEditar

  • Sismaria
  • Gândara dos Olivais
  • Rego d’Água
  • Outeiros da Gândara
  • Quinta do Alçada
  • Bairro das Almoinhas
  • Nova Leiria
  • Arrabalde da Ponte
  • Quinta da Matinha
  • Quinta do Bispo
  • Quinta de Santo António
  • Marinheiros
  • Planalto
  • Vale Sepal
  • Covinhas
  • Valverde
  • Pinheiros
  • Janardo
  • Outeiro das Barrocas

ReferênciasEditar

Referências

  1. a b «Paróquia de Marrazes». Arquivo Distrital de Leiria. Consultado em 23 de Abril de 2014 
  2. «Áreas das freguesias, municípios e distritos da CAOP2012». Separador Areas_Freguesias_CAOP2012. Instituto Geográfico Português. 2012. Consultado em 1 de Abril de 2014. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2013 
  3. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Centro". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 28 de Fevereiro de 2014. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2013 
  4. «Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias)» (pdf). Diário da República eletrónico. Consultado em 28 de Março de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 6 de janeiro de 2014 
  5. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes