Armindo Ribeiro

Armindo de Almeida Lopes Ribeiro (Viseu, 11 de Janeiro de 1916 - Viseu, 2004) foi um escultor, pintor e medalhista viseense. Adoptou o nome artístico de Armindo Viseu.

Armindo Ribeiro
Escultor, pintor e medalhista português.

Escultor, pintor e medalhista português
Nome completo Armindo de Almeida Lopes Ribeiro
Conhecido(a) por Armindo Viseu
Nascimento 11 de Janeiro de 1916
S. Pedro de France, Viseu
Morte 2004
Viseu
Nacionalidade Portuguesa

Nascido em Carcavelos, freguesia de S. Pedro de France, frequentou a Escola Industrial e Comercial Dr. Azevedo Neves, actual Escola Secundária Emídio Navarro, onde terá iniciado o seu gosto pela arte, tendo tido aulas de desenho com o pintor José Augusto Pereira, filho de outro notável pintor viseense, António José Pereira[1]. Nos anos 30, ainda jovem, emigrou para o Brasil.

Nesta fase da sua vida, trabalhou em vários ateliers e com vários mestres, aprendendo e desenvolvendo os seus dotes de artista. Trabalhou no atelier da Fundição ZANI, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Foi discípulo de Victor Brecheret e de August Zamoyski. Apresentou trabalhos em diversos salões da Sociedade Nacional de Belas Artes do Brasil tendo sido premiado com várias medalhas de prata e bronze.

Após uma passagem de 17 anos por Alcobaça, onde trabalhou numa empresa de cerâmica, regressou a Viseu, onde se fez professor. Depois de 1974, deixou a escola e dedicou-se à escultura e à medalhística.[2] Em 1979, esteve representado na Exposição Internacional da Medalha, integrada no XVIII Congresso da Federação Internacional de Medalhística (FIDEM), que teve lugar na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.[3][4]

Passou a usar o nome Armindo Viseu, como prova de amor à sua cidade, onde faleceu em 2004.[5][6][7]

A 3 de setembro de 2014, a Junta da União das Freguesias de Viseu deliberou indicar à Câmara Municipal de Viseu a atribuição do nome de Mestre Armindo Ribeiro a uma rua na envolvente da Avenida da Europa, na cidade de Viseu.[8]

ObrasEditar

 
Estátua de Francisco Sá Carneiro no Largo de Santa Cristina, em Viseu
  • Estátua de Francisco Sá Carneiro, no Largo de Santa Cristina, em Viseu.
  • Estátua de Viriato, no Regimento de Infantaria de Viseu.
  • Busto de José Coelho, na Casa da Via Sacra em Viseu.[9]
  • Estátua de São Mateus, Complexo Paroquial de São José, Viseu.[10][11]
  • Busto de Antero de Quental, em Santa Cruz, Torres Vedras.[12]
  • Busto de José Felix Henriques Nogueira, na Rua Henriques Nogueira, Torres Vedras.[13]
  • Busto do Padre Manuel Sacramento, na Rua D. Vasco Martinho de Siqueira, Matacães, Torres Vedras.[14]
  • Busto de Aquilino Ribeiro, no Parque Aquilino Ribeiro, Viseu.[15]
  • Busto de Frei Rodrigo de Jesus, na Praça de Goa, Viseu.[16]
  • Escultura de Domingos da Caperta, pescador da Nazaré, no espólio do Museu Dr. Joaquim Manso.[17][18]
  • Escultura de mulher da Nazaré, no espólio do Museu Dr. Joaquim Manso.[19]
  • Grande parte do trabalho em medalhística encontra-se exposto na sala-museu da Residência Rainha D. Leonor, onde viveu nos últimos anos de vida.

Referências

  1. Roçado, Ana Carla da Costa (10 de janeiro de 2012). «António José Pereira: o artista e a obra no quadro da cultura». Veritati - Repositório Institucional da Universidade Católica Portuguesa. Consultado em 23 de agosto de 2022 
  2. «Armindo Viseu». medalhasportuguesas.wordpress.com. Consultado em 23 de agosto de 2022 
  3. «Armindo Viseu» 
  4. «Exposição Internacional da Medalha. XVIII Congresso FIDEM». História das Exposições. Consultado em 23 de agosto de 2022 
  5. «Armindo Ribeiro - Escultor e Medalhista». Viseu, Fotos do AJ. 22 de novembro de 2017. Consultado em 23 de agosto de 2022 
  6. «Armindo Ribeiro». Consultado em 3 de Agosto de 2010 [ligação inativa]
  7. Pereira, Daniel (25 de janeiro de 2020). «A Casa de Armindo Viseu». Lugares Esquecidos. Consultado em 23 de agosto de 2022 
  8. Junta da Freguesia de Viseu (3 de setembro de 2014). «Ata número 22-reunião ordinária da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Viseu, realizada no dia três de setembro de 2014.» (PDF). http://freguesiadeviseu.pt. Consultado em 23 de agosto de 2022 
  9. «José Coelho – Neo-Topografia Gráfica e Descritiva». Consultado em 23 de agosto de 2022 
  10. «Igreja de São José». Consultado em 3 de Agosto de 2010 [ligação inativa]
  11. «Estátua de São Mateus – Foto de Estátua de São Mateus, Viseu - Tripadvisor». www.tripadvisor.pt. Consultado em 23 de agosto de 2022 
  12. «Exposição "Passeio dos Poetas" - Poemas de Antero de Quental, João Barros e Kazuodan». www.radioeste.pt. 24 de junho de 2019. Consultado em 10 de novembro de 2021 
  13. «Busto de José Felix Henriques Nogueira». allaboutportugal.pt. Consultado em 10 de Novembro de 2021 
  14. Câmara Municipal de Torres Vedras (21 de novembro de 2019). «Busto do padre Manuel Sacramento». Consultado em 23 de agosto de 2022 
  15. «Aquilino Ribeiro [Busto] – Neo-Topografia Gráfica e Descritiva». Consultado em 22 de agosto de 2022 
  16. «Frei Rodrigo de Jesus – Neo-Topografia Gráfica e Descritiva». Consultado em 23 de agosto de 2022 
  17. «Armindo Viseu (Viseu, 1916 – 2004): Pescador da Nazaré - Domingos da Caperta». Museu Dr. Joaquim Manso. 30 de abril de 2019. Consultado em 23 de agosto de 2022 
  18. «Pescador da Nazaré - Domingos da Caperta» 
  19. «Mulher da Nazaré» 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.