Absinto (planta)

(Redirecionado de Artemisia absinthium)
Disambig grey.svg Nota: Se procura a bebida, veja Absinto.

Artemisia absinthium, popularmente conhecida por absinto ou absíntio,[1] também referida por losna, sintro, erva-de-sezões,[2] absinto-comum, absinto-grande, absinto-maior, alosna, artemísia, erva-santa e artemísia-absinto, é uma planta da família Asteraceae.[3]

Como ler uma infocaixa de taxonomiaAbsinto
Artemisia absinthium
Artemisia absinthium
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Ordem: Asterales
Família: Asteraceae
Género: Artemisia
Espécie: A. absinthium
Nome binomial
Artemisia absinthium
Linnaeus, 1753

HistóriaEditar

Na Grécia Antiga, esta planta era dedicada à deusa Ártemis (Diana, entre os romanos, deusa da caça e da castidade). Daí a origem de seu nome científico.[4]

É uma erva originária da Europa e da Ásia, de folhas recortadas de cor cinzenta, de sabor amargo e que é utilizada como planta medicinal e na fabricação da bebida conhecida como absinto.[5]

O absinto contém pequenas quantidades de tujona, que se pensou outrora ser relacionado com o THC (tetraidrocanabinol), mas sabe-se agora que é um antagonista dos receptores GABA-A. O consumo excessivo de tujona pode causar espasmos e convulsões.[6][3]

SinônimosEditar

A espécie Artemisia absinthium possui 12 sinônimos reconhecidos atualmente.[7]

  • Absinthium bipedale Gilib.
  • Absinthium majus Garsault
  • Absinthium officinale Brot.
  • Absinthium vulgare (L.) Lam.
  • Artemisia absinthia St.-Lag.
  • Artemisia baldaccii Degen
  • Artemisia doonense Royle
  • Artemisia inodora Mill.
  • Artemisia kulbadica Boiss. & Buhse
  • Artemisia pendula Salisb.
  • Artemisia rehan Chiov.
  • Artemisia rhaetica Brügger

Referências

  1. «Absinto». Michaelis 
  2. «Jardim Botânico UTAD - Artemisia absinthium» 
  3. a b «Absinthol - an overview» [Absinto - revisão sistemática]. ScienceDirect (em inglês). ScienceDirect Topics. Consultado em 1 de setembro de 2022 
  4. BLANCO, Rose Aielo. «Jardim de flores - Losna ou Absinto: medicinal ou tóxica?». Consultado em 27 de dezembro de 2008 
  5. «A fada verde». Adega. Uol. Consultado em 5 de maio de 2012 
  6. Meschler, J. P.; Howlett, A. C. (março de 1999). «Thujone exhibits low affinity for cannabinoid receptors but fails to evoke cannabimimetic responses». Pharmacology, Biochemistry, and Behavior (3): 473–480. ISSN 0091-3057. PMID 10080239. doi:10.1016/s0091-3057(98)00195-6. Consultado em 1 de setembro de 2022 
  7. «Artemisia absinthium» (em inglês). The Plant List. 2010. Consultado em 26 de julho de 2015 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Absinto (planta)


  Este artigo sobre asteráceas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.