Abrir menu principal
As Mulheres Sempre Querem Mais
 Brasil
1974 •  cor •  85 min 
Direção Roberto Mauro
Produção A.P. Galante e Alfredo Palácios (associados)
Roteiro Roberto Mauro (argumento e diálogos)
Luiz Casteline (roteiro)
Elenco Sadi Cabral
Maria Isabel de Lizandra
Gênero Comédia pornochanchada
Idioma português

As Mulheres Sempre Querem Mais é um filme brasileiro de comédia pornochanchada de 1974, dirigido por Roberto Mauro. Gravações em Bauru, no Estado de São Paulo [1]. Fontes indicam que o roteiro foi baseado no livro "Incrível homem frágil" de Benmyara Vidal [1].

ElencoEditar

SinopseEditar

Ricardo é um playboy que vive numa cidade do interior paulista onde é cobiçado por todas as mulheres. Até que começa a sofrer de uma estranha fobia a barulho, que o impede de ter relacionamentos sexuais bem sucedidos sempre que ouve algum som, como camas rangendo, galos cantando ou apitos de trem. Os boatos começam a correr pela cidade e Ricardo fica com a fama de "frouxo" com as mulheres, para desespero de seu pai, o idoso chefe político Anastácio. Os pais da noiva de Ricardo, Soninha, também exigem que ele acabe com o noivado por conta dos rumores. Ricardo procura fazer terapia com o psiquiatra Doutor Potiguar enquanto a irmã Jerusa pede a uma amiga da cidade que venha passar as férias com ela para ajudar na situação. Até que o rapaz percebe que só Soninha poderá curá-lo.

Referências

  Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.