Abrir menu principal
Asomaciano Tzâmplaco
Nascimento fl. 1348–1349
Nacionalidade Império Bizantino
Ocupação almirante
Religião ortodoxia oriental

Asomaciano Tzâmplaco (em grego: Ἀσωματιανός Τζαμπλάκων; transl.: Asomatianós Tzamplákon; fl. 1348–1349) foi um aristocrata e almirante bizantino durante a guerra bizantino-genovesa de 1348–1349.

BiografiaEditar

Os Tzâmplacos foram uma importante e rica família aristocrática atestada desde meados do século XIII, quando um de seus membros alcançou a alto posto militar de doméstico das escolas. Aleixo Tzâmplaco, o pai de Asomaciano, foi o filho deste homem.[1] Seus irmãos, Demétrio e Arsênio, também alcançaram altos ofícios durante o mesmo período. Asomaciano é atestado pela primeira vez em 1348, como mega-duque (comandante-em-chefe da marinha bizantina). Ele foi colocado no comando do esforço bizantino para construir uma nova frota para usar contra a colônia genovesa de Gálata na guerra bizantino-genovesa de 1348–1349. Sua frota inexperiente e incompetente levou à sua destruição ou captura pelos genoveses. Tzâmplaco sobreviveu ao desastre, e morreu em algum momento antes de 1356.[2][3]

Referências

  1. Kazhdan 1991, p. 2135.
  2. Trapp 1991, p. 27753.
  3. Guilland 1967, p. 550.

BibliografiaEditar

  • Guilland, Rodolphe (1967). Recherches sur les Institutions Byzantines, Tomes I–II. Berlim: Akademie-Verlag 
  • Kazhdan, Alexander Petrovich (1991). The Oxford Dictionary of Byzantium. Nova Iorque e Oxford: Oxford University Press. ISBN 0-19-504652-8 
  • Trapp, Erich; Hans-Veit Beyer; Sokrates Kaplaneres; Ioannis Leontiadis (1991). «27753. Τζαμπλάκων Ἀσωματιανός». Prosopographisches Lexikon der Palaiologenzeit. Viena: Verlag der Österreichischen Akademie der Wissenschaften