Até Eu Envelhecer ao Vivo

Até Eu Envelhecer ao Vivo é o terceiro álbum ao vivo da banda brasileira de rock Resgate, gravado no dia 10 de julho de 2006 no antigo Tom Brasil, atual HSBC Brasil em São Paulo, porém, o CD/DVD foi lançado somente em fevereiro de 2008. O disco foi o último lançado pela banda na gravadora Gospel Records, sendo que esta encerraria suas atividades. As canções do disco mesclaram-se entre sucessos antigos e músicas do álbum Até eu Envelhecer.

Até Eu Envelhecer ao Vivo
Até Eu Envelhecer ao Vivo
Álbum ao vivo de Resgate
Lançamento 8 de fevereiro de 2008
Gravação 10 de julho de 2006 no Tom Brasil, São Paulo
Gênero(s) Rock cristão, pop rock, hard rock
Duração 75:08
Idioma(s) Português
Formato(s) CD, DVD
Gravadora(s) Gospel Records
Direção Kako Alves
Produção Dudu Borges
Arranjos Resgate
Cronologia de Resgate
Até Eu Envelhecer
(2006)
Ainda não É o Último
(2010)

Antecedentes editar

Em 2006, a banda lançou o álbum Até Eu Envelhecer, o primeiro com o tecladista Dudu Borges como integrante. A banda, então, planejou produzir um álbum ao vivo em sequência que fosse o registro em DVD da obra.[1]

Gravação editar

O álbum foi gravado no Tom Brasil, em São Paulo, em 2006. Foram selecionadas quase todas as canções do disco Até Eu Envelhecer (exceto "Eu vou chegar lá", "Teu Sinal" e "A Saída"), além de sucessos dos álbuns anteriores, incluindo "O Rio" e "O Meu Lugar", que estiveram presentes como bônus no projeto Ao Vivo (2004). A banda também regravou "Leve e Momentânea", originalmente produzida pelos músicos para o álbum Renascer Praise 10 (2003), da banda Renascer Praise.[2]

Lançamento e recepção editar

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Super Gospel (favorável)[2]
O Propagador      [3]

Até Eu Envelhecer ao Vivo foi lançado em 2008 pela gravadora Gospel Records em CD e DVD, e recebeu críticas favoráveis. Roberto Azevedo, para o Super Gospel, afirmou que "com certeza estamos diante de mais um trabalho de excelente nível, com letras inteligentes, profundas e marcantes".[2] Retrospectivamente, a obra recebeu uma cotação de 3 de 5 estrelas do guia discográfico do O Propagador. Segundo o guia, a proximidade do lançamento com o álbum Ao Vivo fez com que não parecesse "ser um registro muito necessário".[3]

No período, a Gospel Records estava em processo de falência, o que fez com que a obra fosse produzida praticamente de forma independente, com recursos próprios.[4]

Faixas editar

  1. "Meus pés"
  2. "Terceiro dia"
  3. "O Rio"
  4. "Passo a Passo"
  5. "O Nome da Paz"
  6. "Astronauta"
  7. "O Meu Lugar"
  8. "Rock da Vovó"
  9. "5:50 AM"
  10. "O Médico e o Monstro"
  11. "Palavras"
  12. "O Perdido e o Sentido"
  13. "Te Encontrar"
  14. "A Gente"
  15. "Restauração"
  16. "Apocalipse Now"
  17. "Leve e Momentânea"

Ficha técnica editar

Banda

Referências

  1. «Entrevista: Dudu Borges». Super Gospel. Consultado em 20 de abril de 2012 
  2. a b c Roberto Azevedo (6 de março de 2008). «CD Até eu envelhecer (Resgate) - Análise». Super Gospel. Consultado em 1 de março de 2015 
  3. a b «Resgate - discografia e obra». O Propagador. Consultado em 1 de março de 2015. Arquivado do original em 21 de maio de 2015 
  4. Resgate. «Curiosidades de Resgate». Bandaresgate.com.br. Consultado em 7 de novembro de 2011. Arquivado do original em 2 de novembro de 2011 
  Este artigo sobre um álbum de Resgate é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.