Augusto Corrêa

município brasileiro do estado do Pará

Augusto Corrêa[nota 1] é um município brasileiro do Estado do Pará. Localiza-se a uma latitude 01º01'18" sul e a uma longitude 46º38'06" oeste, estando a uma altitude de 20 metros. Sua população estimada em 2010 era de 40.435 habitantes. Possui uma área de 1.091,043 km².

Augusto Corrêa
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Augusto Corrêa
Bandeira
Brasão de armas de Augusto Corrêa
Brasão de armas
Hino
Gentílico augusto-correense
Localização
Localização de Augusto Corrêa no Pará
Localização de Augusto Corrêa no Pará
Localização de Augusto Corrêa no Pará
Augusto Corrêa está localizado em: Brasil
Augusto Corrêa
Localização de Augusto Corrêa no Brasil
Mapa
Mapa de Augusto Corrêa
Coordenadas 1° 01' 19" S 46° 38' 42" O
País Brasil
Unidade federativa Pará
Municípios limítrofes Viseu e Bragança
Distância até a capital 212 km
História
Fundação 1961 (63 anos)
Administração
Prefeito(a) Estrela Nogueira (MDB, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 1 091,043 km²
População total (IBGE/2016[2]) 44 227 hab.
Densidade 40,5 hab./km²
Clima Tropical
Altitude 20 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,52 baixo
PIB (IBGE/2014[4]) R$ 252 295,37 mil
PIB per capita (IBGE/2014[4]) R$ 5 846,40
Sítio https://augustocorrea.pa.gov.br/ (Prefeitura)

Composição Étnica

editar

Sua composição étnica recebera forte presença indígena, quilombola e, mais tardiamente, de retirantes nordestinos, especialmente de maranhenses e cearenses, o que conferiu à etnicidade local um tipo humano característico, "andejo, esguio de tez 'amorenada' ", como vai referir Erick Ferreira em seu ensaio O Urumajoense. O mesmo autor ainda referindo-se a forte presença nordestina nos costumes locais, assim descreve de forma jocosa e poética o Urumajoense Way of Life, "Tal qual seus principais ascendentes étnicos, o urumajoense conserva com certa fidelidade aquilo que chamou Gilberto Freyre de 'cultura das redes', onde mais que o desfrutar dos prazeres do sedentarismo -- tão caro a si -- ele revive seu passado nômade, cujos resquícios hematológicos ainda correm em suas veias".[5]

Notas

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2016» (PDF). Censo Populacional 2016. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2016. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 22 de setembro de 2013 
  4. a b «PIBMunicipal2010-2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
  5. Ferreira, Erick (2008). O Urumajoense. Bragança: [s.n.] 
  Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.