Augusto Vieira da Silva

um historiador e engenheiro português

Augusto Vieira da Silva (18691951) foi historiador e engenheiro português. Concluiu o curso de Engenharia na Escola do Exército em 1893.[1] Foi sócio efectivo da Associação dos Arqueólogos Portugueses, membro da Academia de História, sócio honorário e primeiro presidente do grupo Amigos de Lisboa.[2][3] Foi nomeado para a Comissão de Toponímia da Câmara Municipal de Lisboa em 1943.[4] Alguns dos seus textos foram editados sob o título Dispersos. Encontra-se colaboração da sua autoria nas revistas Feira da Ladra[5] (1929–1943), Revista de Arqueologia[6] (1932–1938), Boletim dos Museus Nacionais de Arte Antiga[7] (1939–1943) e na Revista Municipal[8] (1939–1973) publicada pela Câmara Municipal de Lisboa.

Referências

  1. Grande Enciclopédia Universal. Volume 18. Lisboa, Durclub, SA. ISBN 84-96330-18-4.
  2. Grande Enciclopédia Universal. Volume 18. Lisboa, Durclub, SA. ISBN 84-96330-18-4.
  3. «Grupo de Amigos de Lisboa». 23 de Agosto de 2014. Consultado em 23 de Agosto de 2014 
  4. Grande Enciclopédia Universal. Volume 18. Lisboa, Durclub, SA. ISBN 84-96330-18-4.
  5. «Feira da ladra : revista mensal ilustrada (1929-1943), Tomo IX, páginas 204 a 206» (PDF). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 24 de fevereiro de 2015 
  6. Alda Anastácio (26 de Setembro de 2018). «Ficha histórica:Revista de Arqueologia(1932-1938)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 22 de Março de 2019 
  7. Alda Anastácio (14 de fevereiro de 2019). «Ficha histórica:O Boletim dos Museus Nacionais de Arte Antiga (1939-1943)» (PDF). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 17 de Junho de 2019 
  8. «Revista Municipal (1939-1973), Índice de colaboradores» (PDF). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 30 de junho de 2015