Abrir menu principal

Boletim dos Museus Nacionais de Arte Antiga

Boletim dos Museus Nacionais de Arte Antiga
Formato (25 cm)
Sede Lisboa Portugal Portugal
Fundação 1939
Director João Couto
Idioma Português europeu
Término de publicação 1943


O Boletim dos Museus Nacionais de Arte Antiga é lançado pela primeira vez em 1939, sob a direção de João Rodrigues da Silva Couto, com o objetivo de registar todas as atividades do Museu Nacional dos Coches e do Museu Nacional de Arte Antiga, tendo ambos museus permanecido sob a mesma direção por um curto período de tempo. As suas rotinas, espólio e história, inspiraram os três volumes deste boletim, que se publicou entre 1939 e 1943, ano em que se deu a separação dos museus e o nome do boletim sofre alteração para Boletim do Museu Nacional de Arte Antiga (a partir da edição de 1946). Quanto ao seu conteúdo, o mesmo apresenta uma componente predominantemente técnica e estatística, mas também educativa, de caráter multidisciplinar, elaborada a pensar nos profissionais de arte, colecionadores e afins. Alguns dos assuntos interessantes são o relato de como aconteceram algumas cedências, ofertas, incorporações e legados ao Museu Nacional de Arte Antiga, assim como exposições temáticas, temporárias, comemorativas, bibliográficas, biográficas, de coleções estrangeiras, que testemunham a actividade e o movimento do museu e a sua popularidade. Na lista dos seus colaboradores encontram-se nomes como: Augusto Vieira da Silva, Charles Oman, Maria José de Mendonça, Mário de Sampayo Ribeiro, Ernesto Soares, João Miguel dos Santos Simões, Madalena Cabral, Manuel Valadares e Mário Novais, [1].

Referências

  1. Alda Anastácio (14 de fevereiro de 2019). «Ficha histórica:O Boletim dos Museus Nacionais de Arte Antiga (1939-1943)» (PDF). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 17 de Junho de 2019 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar