Augustus Edward Hough Love

matemático britânico

Augustus Edward Hough Love FRS, mais conhecido pelo seu nome abreviado A. E. H. Love, (Weston-super-Mare, 17 de abril de 1863Oxford, 5 de junho de 1940) foi um matemático inglês, notável por seu trabalho sobre a teoria da elasticidade.

Augustus Edward Hough Love
Teoria da elasticidade
Nascimento 17 de abril de 1863
Weston-super-Mare
Morte 5 de junho de 1940 (77 anos)
Oxford
Nacionalidade inglês
Cidadania Reino Unido
Alma mater St John's College, Instituto Federal de Tecnologia de Zurique
Ocupação matemático
Prêmios Medalha Real (1909)]], Prêmio Adams (1911), Medalha De Morgan (1926), Medalha Sylvester (1937)
Empregador Universidade de Oxford
Obras destacadas Onda de Love
Orientado(s) Godfrey Harold Hardy[1]
Instituições Universidade de Oxford
Campo(s) matemática, engenharia

Love publicou o clássico A Treatise on the Mathematical Theory of Elasticity em dois volumes, em 1892 e 1893, seguido por três edições em volume único nos anos 1906, 1920 e 1927.

Love também trabalhou com propagação de ondas, e suas investigações sobre a estrutura da terra, contidas em seu livro Some Problems of Geodynamics, lhe renderam o Prêmio Adams em 1911, pelo seu desenvolvimento de um modelo matemático de ondas superficiais conhecidas como ondas de Love.

Entre outras de suas condecorações estão a Medalha Real (1909), a Medalha De Morgan (1926) da Sociedade Matemática de Londres e a Medalha Sylvester (1937) da Sociedade Real de Londres.

Love foi secretário da Sociedade Matemática de Londres, de 1895 a 1910, e seu presidente de 1912 a 1913.

PublicaçõesEditar

Referências

Ligações externasEditar


Precedido por
Henry Head e John Milne
Medalha Real
1909
com Ronald Ross
Sucedido por
Frederick Orpen Bower e John Joly
Precedido por
Percy Alexander MacMahon
Medalha De Morgan
1926
Sucedido por
Godfrey Harold Hardy
Precedido por
Bertrand Russell
Medalha Sylvester
1937
Sucedido por
Godfrey Harold Hardy


  Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.