Babaeski

Babaeski é uma cidade e um distrito da província de Kırklareli na região de Mármara na Turquia. A cidade tem 29 342 habitantes vivendo numa área de 652 km2.

Babaeski
  Cidade  
Mesquita Cedid Ali Paşa, do grande Sinan.
Mesquita Cedid Ali Paşa, do grande Sinan.
Localização
Distrito de Babaeski
Distrito de Babaeski
Babaeski está localizado em: Turquia
Babaeski
Babaeski
Coordenadas 41° 25' 57" N 27° 05' 35" E
País  Turquia
Províncias da Turquia Kırklareli
Administração
Prefeito Abdullah Hacı (CHP)
Kaymakam Mustafa Demir
Características geográficas
Área total 652 km²
População total 29 342 hab.
Altitude 55 m
Sítio www.babaeski-bld.gov.tr/

NomeEditar

Acredita-se que o nome "Babaeski" tenha se originado na seguinte história: o sultão otomano Maomé, o Conquistador, teria parado na cidade seguindo em direção a Constantinopla antes do cerco final à cidade. Ali, ele teria conhecido um velho em frente a uma velha mesquita - atualmente conhecida como "Pequena Mesquita" (Küçük Cami) - e perguntou-lhe quando a cidade fora fundada. O velho respondeu "Eskidir, eski...", que significa "É velha, velha...". Quando o sultão perguntou a idade do velho, ele teria respondido "Baba... eski", que significa "o ancião [padre] é velho...". Daí em diante, o nome Babaeski teria sido utilizado para designar o local.

Durante o período bizantino, a região era conhecida como Bulgarófigo (em grego: Βουλγαρόφυγον - Boulgarophygon) e foi o local de uma grande derrota bizantina em 896[1].

FatosEditar

Babaeski está localizada num local relativamente plano, onde o ponto mais alto não passa de 150 metros. O córrego Şeytan (Şeytan Deresi) atravessa o distrito, cuja principal atividade econômica é a agricultura. Girassóis e o trigo são as principais safras, juntamente com alguns vegetais.

Pontos de interesseEditar

Entre os locais históricos de Babaeski estão:

  • Eski Cami ("A Velha Mesquita"), construída durante o reinado de Maomé, o Conquistador, em 1467 e ainda em uso.
  • Cedid Ali Paşa Camii, construída pelo grande arquiteto Sinan durante o reinado de Solimão, o Magnífico, em 1555. Foi construída no estilo da grande Mesquita Selimiye de Adrianópolis (Edirne), também projetada por Sinan. Acabou destruída pelo exército búlgaro durante as Guerras Balcânicas e foi posteriormente reconstruída. Ainda é utilizada para orações.
  • Dördüzlü Çeşme ("A Fonte Tetraédrica") foi construída no século XVII e tem quatro lados encimados por uma cúpula sobre uma base quadrada.
  • Ponte de Babaeski foi construída em 1633 durante o governo de Murade IV. É parte da rodovia D-100 e ainda está em uso.
  • Os banhos foram construídos sob um único domo de estilo clássico. Ainda estão em uso.

Referências

  1. Kazhdan, Alexander, ed. (1991), Oxford Dictionary of Byzantium, ISBN 978-0-19-504652-6, Oxford University Press, p. 317 

Ligações externasEditar

  • «Babaeski» (em búlgaro). Site oficial do município. Consultado em 26 de outubro de 2013 
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Babaeski