Bandeira de Cuba

bandeira nacional

A Bandeira de Cuba tremulou pela primeira vez na cidade de Cárdenas (Província de Matanzas) em 1850 quando um grupo de rebeldes se rebelou em armas contra o poder colonial da Espanha. As três listras de cor azul representam a divisão geográfica configurada naquele momento. As duas listras brancas evocam a pureza das intenções do movimento independentista popular. O triângulo equilátero representa a liberdade, igualdade e a fraternidade. A cor vermelha é o prenúncio do sangue que seria derramado para alcançar a independência. A estrela branca solitária simboliza a solidariedade entre os povos.[1][2]

Bandeira de Cuba
Bandeira de Cuba
Aplicação
Proporção 1:2
Adoção 20 de maio de 1902
Criador Miguel Teurbe Tolón e Narciso López
Descrição Cinco faixas horizontais de azul alternam com branco com o triângulo equilátero vermelho posicionado no lado da haste com a estrela branca de cinco pontas no centro.
Tipo Bandeira nacional
Bandeiras nacionais em El Malecón, Havana

História da bandeira cubanaEditar


Referências

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Bandeira de Cuba