Abrir menu principal
Bandeira do estado do Rio Grande do Norte
Bandeira do estado do Rio Grande do Norte
Aplicação
Proporção 2:3
Adoção 3 de dezembro de 1957
Cores
  Verde
  Branco
  Amarelo
Descrição Bandeira retangular bipartida em faixas, sendo a parte superior de cor verde idêntica à da Bandeira Nacional e a parte inferior de cor branca. Seu centro é carregado de um escudo francês moderno, em ouro, por sua vez carregado do Brasão de Armas do Estado.
Tipo estaduais

A Bandeira do Rio Grande do Norte é um dos símbolos oficiais do estado brasileiro do Rio Grande do Norte[1].

HistóriaEditar

Foi instituída pela Lei n° 2.160 de 3 de dezembro de 1957, durante o governo de Dinarte Mariz.

Descrição vexilológicaEditar

O estudo sobre o seu formato foi definido por Luís da Câmara Cascudo, notório experiente da cultura potiguar. Ela é composta por um retângulo de um metro de altura por um metro e meio de comprimento (proporção 2 por 3), com as cores verde (que ocupa a metade superior da bandeira e representa a esperança), branco (ocupa a metade inferior e representa a paz) e amarelo, cujo campo se apresenta em forma de escudo, servindo ao fundo o brasão do estado.[2]

Com uma origem quase que exclusivamente extrativista, o estado do Rio Grande do Norte expõe em sua bandeira o que é e principalmente o que já foi a principal fonte de renda do estado.

Ver tambémEditar

Referências

  1. ALVES. Derly Halfeld. Bandeiras: nacional, históricas e estaduais. Brasília. Edições do Senado Federal, 2011. ISBN 978-85-7018-358-3.
  2. Governo. «Símbolos». Consultado em 21 de abril de 2011. Cópia arquivada em 22 de maio de 2011 
  Este artigo sobre vexilologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.