Abrir menu principal

Barra 68 - Sem Perder a Ternura

filme de 2001 dirigido por Vladimir Carvalho
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Barra 68 - Sem Perder a Ternura
 Brasil
2001 •  Cor •  82 min 
Direção Vladimir Carvalho
Roteiro Vladimir Carvalho
Narração Othon Bastos
Género Documentário
Música Marcus Vinícius
Direção de fotografia André Luís Cunha
Jacques Cheuiche
Marcelo Coutinho
Edição Vladimir Carvalho
Manfredo Caldas
Companhia(s) produtora(s) Folkino Produções Cinematográficas
Distribuição RioFilme
Idioma português

Barra 68 - Sem Perder a Ternura é um documentário brasileiro de 2001, escrito e dirigido por Vladimir Carvalho.

SinopseEditar

Histórico sobre a criação da Universidade de Brasília, as inovações que ela propunha, a perseguição que sofreu iniciada com o Regime militar de 1964, até sua invasão pelo Exército Brasileiro em 1968. Narrado por Othon Bastos, conta com depoimentos de Oscar Niemeyer, Roberto Salmeron, Jean-Claude Bernardet, Ana Miranda, Marcos Santilli, Cacá Diegues, José Carlos de Almeida Azevedo e familiares de Honestino Guimarães, entre outros.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.