Abrir menu principal

RioFilme

empresa da prefeitura do Rio de Janeiro que visa o desenvolvimento da indústria audiovisual carioca.
RioFilme
Cinema
Gênero Distribuidora de filmes
Fundação 1992 (27 anos)
Sede Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Proprietário(s) Prefeitura do Rio de Janeiro
Website oficial rio.rj.gov.br/riofilme

A RioFilme (Distribuidora de Filmes S.A. - RioFilme) é uma distribuidora cinematográfica brasileira. Criada em novembro de 1992, a Riofilme é gerida pela Prefeitura do Rio de Janeiro.[1]

Fundada para apoiar a produção e distribuição de cinema na cidade, foi revitalizada em 2009 com a missão de promover o desenvolvimento da indústria audiovisual carioca, levando em conta seus impactos econômicos e sociais na cidade.

Em 20 anos de atuação, foi fundamental para a revitalização do cinema brasileiro a partir dos anos 1990, investindo no desenvolvimento, na produção e no lançamento de cerca de 250 longas, na produção de mais de 100 curtas e na realização de mais de 80 eventos.

Com a revitalização, deixou de ser apenas distribuidora e tornou-se uma investidora em produção, distribuição, exibição, infraestrutura, difusão e capacitação, atuando também em parceria com a iniciativa privada. Desde então, a Prefeitura investiu, por meio da RioFilme, cerca de R$ 100 milhões em 252 projetos de filmes, eventos, ampliação do acesso e capacitação.

A empresa também elevou sua receita, de cerca de R$ 1,5 milhão em 2008, para cerca de R$ 24 milhões no período de 2009 a 2012, dinheiro que será totalmente reinvestido no setor de audiovisual carioca através de novos programas de financiamento em Cinema e TV, Capacitação de profissionais do setor, implantação de novas salas do Cine Carioca, do Programa de Investimento Não Reembolsável. Em 2013, esse programa conta com sete linhas: Desenvolvimento de Longa-Metragem, Desenvolvimento de Conteúdo para TV, Produção de Curta-Metragem, Produção e Finalização de Longa-Metragem, Produção de Documentário para TV (em parceria com o Canal Brasil), Produção de Mostras, Festivais e Eventos de Audiovisual e Distribuição de Longa-Metragem.

É também através da RioFilme que será feita a revitalização de parte do Polo de Audiovisual da Barra da Tijuca, que hoje conta com 8 estúdios e deve contar com 14 a partir do ano de 2016.

A empresa tem diversificado os investimentos e ampliado o seu alcance; multiplicou o número de projetos apoiados e de empresas beneficiadas, assim como o público impactado. A capacidade de investimento foi elevada e os resultados tornaram-se mais significativos, beneficiando a indústria audiovisual carioca e a população da cidade.

Ligações externasEditar

Referências