Bartolomeu Mastrio

Bartolomeu Mastrio
Nascimento 7 de dezembro de 1602
Meldola
Morte 11 de janeiro de 1673 (70 anos)
Meldola
Ocupação filósofo, teólogo
Movimento estético Escolástica, Escotismo (escolástica)
Religião Igreja Católica
Assinatura
Firmamastri.gif

Bartolomeo Mastri ou Mastrio, igualmente latinizado como Bartholomæus Mastrius, foi um filósofo e teólogo católico da Ordem dos Frades Menores nascido em 7 de dezembro de 1602 em Meldola na atual Itália e na época Estados Papais. Morreu em 11 de janeiro de 1673 também em Meldola. É um dos principais representantes da corrente escola escotista no século XVII.

BiografiaEditar

 
Assinatura de Bartolomeu Mastrio

Bartolomeu Mastrio nasceu em Meldola, próximo de Forlì, numa família de pequenos notáveis. Como Franciscano, após seu noviciado em Cesena em 1616[1] frequentou os estudos franciscanos de Nápoles (onde é formado por Giuseppe Napoli da Trapani)e Bolonha. Após ter sido professor de lógica em Parma e Bolonha [2] termina seus estudos no colégio São Boaventura em Roma nos anos de 1623 e 1625, um centro importante da corrente escotista[3] onde conhece Boaventura Belluto de Catânia

ObrasEditar

 
Theologia moralis, 1683
 
Theologia moralis, 1709 (Milano, Fondazione Mansutti).
 
Capa do quinto tomo da reedição do Cursus

Bartolomeu Mastrio é o autor de quatro grandes obras, que frequentemente saem em vários tomos e, salvo menção contrária, sendo lançados todos em Veneza[4].

  • Cursus integer philosophiæ ad mentem Scoti, com Bonaventura Belluto ; de início publicado em sete tomos entre 1637 e 1647, parcialmente reeditado entre 1644 e 1652 com acréscimos somente de Mastrio, depois reeditado de modo póstumo em 1678.
  • Scotus et scotistæ Bellutus et Mastrius expurgati a probosis querelis ferchianis editado por Franciscum Succium em Ferrara em 1650;
  • Disputationes theologicæ in quatuor libros Sentenciarum, em quatro volumes:
    • Disputationes theologicæ in primum librum Sententiarum, editado por Iohannes Iacobum Hertz em 1655;
    • Disputationes theologicæ in secundum librum Sententiarum, editado por Franciscum Stortum em 1659 ;
    • Disputationes theologicæ in tertium librum Sententiarum, editado por Valvasensem em 1661;
    • Disputationes theologicæ in quartum librum Sententiarum, editado por Valvasensem em 1664 ;
  • Theologia moralis ad mentem dd. Seraphici et Subtilis concinnata, editado por Iohannes Iacobum Hertz em 1671.


Referências

  1. Predefinição:Obra.
  2. Predefinição:Obra.
  3. Jacob, Schmutz. «Mastri da Meldola, Bartolomeo». Scholasticon : ressources en ligne pour l’étude de la scolastique moderne (1500-1800) : auteurs, sources, institutions. Consultado em 1Predefinição:º de março de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda).
  4. Para uma lista exaustiva das obras escritas por Mastrio, verMarco, Forlivesi. «Notizie su Bartolomeo Mastri da Medola». le site officiel de la commune de Meldola (em italiano). Consultado em 2 de março de 2015 .