Abrir menu principal

O Bazar de Tabriz ((Persa بازار تبریز, Bāzār-e Tabriz) é um dos mais velhos bazares do Oriente Médio e o maior bazar coberto do mundo.

Pix.gif Conjunto do Bazar Histórico de Tabriz *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Carpet Bazaar of Tabriz.JPG
Complexo do Bazar Histórico de Tabriz
País  Irão
Tipo Cultural
Critérios ii, iii, iv
Referência 1346
Região** Ásia e Oceania
Coordenadas 38° 04′ 50,78″ N, 46° 17′ 32,23″ L
Histórico de inscrição
Inscrição 2010  (34ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.

HistóriaEditar

 
Uma parte do bazar devotada à venda de tapetes

Tabriz é um local de importância cultural desde a Antiguidade. O seu Complexo Bazar Histórico é um dos mais importantes centros comerciais da Rota da Seda. Localizado no centro da cidade de Tabriz, no Irã, a estrutura consiste de muitos sub-bazares, como o Bazar Amir (ouro e joias), Mozzafarieh (tapetes), um bazar de sapatos e muitos outros, de vários gêneros diferentes. A época mais próspera de Tabriz e seu bazar foi o Século XVI quando a cidade tornou-se a capital do Império Safávida. A cidade perdeu o status de capital no Século XVII, mas o bazar permaneceu importante como centro econômico e comercial.[1] Embora hoje existam várias lojas e shoppings modernos, o Bazar de Tabriz permanece o coração econômico das cidades do Noroeste do Irã.[2]

O Bazar de Tabriz também possui uma grande importância política, e isto pode ser visto com a Revolução Iraniana do século passado e a Revolução Islâmica na época contemporânea.

CerimôniasEditar

O bazar é utilizado para algumas cerimônias religiosas importantes. A mais famosa é o Dia da Ashura , período em que os comerciantes deixam de trabalhar por 10 dias e as cerimônias religiosas são realizadas dentro do bazar. Como outros bazares do Oriente Médio, há várias mesquitas construídas atrás do bazar.

RestauraçãoEditar

Em 2000 a Organização de Herança Histórica do Irã começou um projeto de restaração do bazar, com total participação dos proptietários das lojas. O projeto de reconstrução ganhou o Prêmio Aga Khan de Arquitetura em 2013.[3]

UNESCOEditar

A UNESCO inscreveu o Conjunto do Bazar Histórico de Tabriz como Patrimônio Mundial por "ser um dos mais completos exemplos do sistema comercial e cultural tradicional do Irão"[4]

GaleriaEditar

Referências

  1. Assari, Ali; Mahesh, Talkad; Emtehani, Mohammed; Assari, Erfan (dezembro de 2011). «Comparative sustainability of bazaar in Iranian traditional cities: case studies in Isfahan and Tabriz» (PDF). International Journal on Technical and Physical Problems of Engineering. 3 (9): 18–24 
  2. Editorial Board, East Azarbaijan Geography, Iranian Ministry of Education, 2000 Text Book in Persian
  3. «Rehabilitation of Tabriz Bazaar». Aga Khan Development Network. Consultado em 1 de julho de 2013 
  4. Tabriz Historic Bazaar Complex. UNESCO World Heritage Centre - World Heritage List (whc.unesco.org). Em inglês ; em francês ; em espanhol. Páginas visitadas em 30/12/2013.
  • Gregorian, Vartan (2003). The Road to Home: My Life and Times. New York: Simon & Schuster.
  • Levinson, David; Christensen, Karen (2002). Encyclopedia of Modern Asia. New York: Scribner's.
  • Swiętochowski, Thaddeus (1995). Russia and Azerbaijan: A Borderland in Transition. New York: Columbia University Press.
  • Hosseini, Hamid-Rezā (2 August 2010). "وسیع ترین بازار ایران" [Largest bazaar in Iran]. Jadid Online.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bazar de Tabriz