Portal:Irão

 ver · editar  Portal do Irã
Flag of Iran


Bandeira do Irã

Emblem of Iran

Brasão de armas do Irã
Iran (orthographic projection).svg

O Irão (português europeu) ou Irã (português brasileiro), oficialmente República Islâmica do Irão (em farsi: جمهوری اسلامی ايران, transliteração: Jomhūrī-ye Eslāmī-ye Īrān), é um país asiático do Médio Oriente que limita a norte com a Arménia, o Azerbaijão, o Turquemenistão e o Mar Cáspio, a leste com o Afeganistão e o Paquistão, a oeste com o Iraque e a Turquia, a sul com o Golfo de Omã e com o Golfo Pérsico. A sua capital é Teerão, a sua língua oficial é o persa, e a sua moeda é o rial. O Islã xiita é a religião oficial do Estado.

O Irã tem uma das mais antigas histórias do mundo, estendendo-se cerca de 6.000 anos, e ao longo da história, o Irã tem sido de importância geoestratégica. Conhecido no Ocidente até 1935 como Pérsia, passou desde então a ser conhecido como Iran (transliterado em Portugal como Irão e no Brasil como Irã), palavra que significa literalmente "terra dos arianos" (no sentido étnico do termo e não no seu sentido religioso, ligado ao arianismo). Em 1979, com a Revolução Islâmica promovida pelo aiatolá Khomeini, o país adoptou a sua actual designação oficial de República Islâmica do Irão. Os seus nacionais se chamam iranianos, embora o termo persas seja ainda utilizado.

O Irã como potência regional ocupa uma posição importante na economia mundial devido às suas importantes reservas de petróleo e gás natural, e tem considerável influência regional no Sul e Sudoeste da Ásia. O Irã é também um dos poucos estados que compõem o berço da civilização. Durante a história, o território do país tem tido grande importância geográfica, visto a sua posição entre o Oriente Médio, Cáucaso, Ásia Central e o Golfo Pérsico, além da proximidade entre o Leste Europeu e o subcontinente Indiano.



 ver · editar Artigos selecionados
Cyrus Cylinder.jpg

O Cilindro de Ciro é um cilindro de argila, atualmente dividido em vários fragmentos, no qual está escrita uma declaração em grafia cuneiforme acadiana, em nome do rei Aquemênida da Pérsia, Ciro, o Grande. Ele data do século VI a.C. (539 a.C.), e foi descoberto nas ruínas da Babilônia na Mesopotâmia (atual Iraque) em 1879. É possessão do Museu Britânico (British Museum), que patrocinou a expedição responsável pela descoberta do cilindro. O artefato foi criado após a conquista persa da Babilônia em 539 a.C., quando o exército persa, sob Ciro, o Grande, invadiu e conquistou o império caldeu, trazendo-o sob o controle do Império Persa.

O texto do Cilindro foi relacionado por alguns estudiosos como evidência da política de Ciro de repatriação dos hebreus após o cativeiro na Babilônia - um ato que o livro de Esdras atribui a Ciro -, uma vez que o texto menciona a restauração de santuários religiosos e a repatriação dos povos deportados. Alguns acadêmicos, contudo, contestam essa interpretação, notando que o Cilindro de Ciro identifica apenas santuários mesopotâmicos, e não menciona os judeus, Jerusalém ou Judeia. O Cilindro também foi interpretado por alguns estudiosos como um “precursor da carta de direitos humanos”, embora o Museu Britânico e outros estudiosos rejeitem tal interpretação como sendo anacrônica e equivocada. O cilindro foi adotado pelo Irã, anteriormente a 1979, como um símbolo nacional, tendo sido exposto ao público em Teerã, em 1971, para comemorar os dois mil e quinhentos anos da monarquia iraniana.


 ver · editar Sabia que?

... que a palavra Irã significa "terra dos arianos" ?

... que o Irã se tornou nono país no mundo a colocar seu próprio satélite em órbita usando um lançador nacional e o sexto a enviar animais no espaço ?

... que os mais antigos vestígios de vinho encontrados no Irã datam a mais de 7000 anos atrás ?

... que a língua persa é uma das mais antigas línguas em uso contínuo ?

... que a invasão anglo-soviética da Pérsia foi lançada para assegurar petróleo para a Grã-Bretanha e fornecer uma rota para os suprimentos Lend-Lease desesperadamente necessários pela União Soviética durante a Segunda Guerra Mundial ?

... que diversas religiões - como o zoroastrismo, o mitraísmo, o maniqueísmo, a Fé Bahá'í, o mazdaquismo, o babismo e o ismaelismo - originam-se no Irã ?

... que o Irã tem a maior população xiita do mundo, com quase 65 milhões de seguidores ?

... que o sorvete foi inventado provavelmente no Irã ?

... que o Irã tem a segunda maior reserva de petróleo e a segunda maior reserva de gás natural no mundo e é potencialmente uma superpotência energética ?

... que o Irã é o maior fabricante de automóveis do Oriente Médio ?

... que o espinafre, o pistache, a romã, o pêssego e a berinjela são provenientes do Irã ?

... que 60% dos alunos matriculados em universidades iranianas são mulheres ?

... que o Irã possui uma das maiores mobilizações de tropas do mundo, com quase 1 milhão em serviço ativo ?

... que a aliança franco-persa foi concluída por Napoleão em 1807 como um passo para ajudá-lo a realizar seu objetivo de atacar a Índia britânica ?


 ver · editar Predefinições
Séries
Esboços
Ligações
Outros
 ver · editar Como colaborar
Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com o Irã na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

 ver · editar Imagem selecionada
Karaj dam.jpg

Represa Amir Kabir, perto de Teerã.
 ver · editar Biografia selecionada
Mossadeghmohammad.jpg

Dr. Mohammad Mosaddegh (em farsi: محمد مصدّق, * também Mossadegh, Mosaddeq, Mossadeq, Mosadeck, ou Musaddiq) (19 de maio de 1882 - 5 de março de 1967) foi primeiro-ministro do Irã democraticamente eleito entre 1951 a 1953, quando foi deposto em um golpe de Estado apoiado pela Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos. De origem aristocrática, Mosaddegh foi autor, administrador, advogado, deputado e político famoso por sua apaixonada oposição à intervenção estrangeira no Irã. Durante seu mabndato como primeiro-ministro, uma ampla variedade de reformas sociais progressivas foram realizadas. Ficou mais famoso como o arquiteto da nacionalização da indústria petrolífera iraniana, que estava sob controle britânico desde 1913, através da Anglo-Persian Oil Company (AIOC) (mais tarde British Petroleum ou BP). Mosaddegh foi retirado do poder em um golpe de Estado em 19 de agosto de 1953, organizado e executado pela CIA, a pedido do MI6 britânico, que escolheu o general iraniano Fazlollah Zahedi para suceder Mosaddegh. Mosaddegh ficou preso durante três anos, em seguida, foi posto em prisão domiciliar até sua morte.


 ver · editar Categorias
 ver · editar Mapa

Etnias e religiões no Irã.

 ver · editar WikiProjetos
Iran-and-neighbors-blank-map 1-770x770.png Você está convidado a participar do WikiProjeto Ásia, um WikiProjeto dedicado a desenvolver e melhorar artigos sobre o Irã. Flag of Iran.svg
 ver · editar Portais relacionados
 ver · editar Wikimedia
Wikimedia-logo.svg
Irão no Commons Irão no Commons
Imagens e mídia
Irão no Wikcionário Irão no Wikcionário
Definições
Irão no Wikilivros Irão no Wikilivros
Livros didáticos e manuais
Irão no Wikinotícias Irão no Wikinotícias
Notícias
Irão no Wikiquote Irão no Wikiquote
Citações
Irão no Wikisource Irão no Wikisource
Biblioteca
Irão na Wikiversidade Irão na Wikiversidade
Recursos de aprendizado