Beatriz de Saboia, Senhora de Vilhena

Ícone de esboço Este artigo sobre história ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com com a meia-irmã Beatriz de Saboia, Marquesa de Saluzzo (c.1223-1259)
Disambig grey.svg Nota: Para outras princesas homónimas, veja Beatriz de Saboia.

Beatriz de Saboia (it: Beatrice di Savoia; Saboia, c.1250 - Castela, 23 de Fevereiro de 1292) foi uma nobre italiana da Casa de Saboia, filha de Amadeu IV, Conde de Saboia e da sua segunda mulher, Cecília de Baux.

Beatriz de Saboia, Senhora de Vilhena
Nascimento 1250
Morte 23 de fevereiro de 1292
Escalona
Progenitores
Cônjuge Manuel de Castela, Pierre de Bourgogne-Comté, Seigneur de Châtelbelin
Filho(s) João Manuel de Castela
Irmão(s) Bonifácio de Saboia, Beatriz de Saboia, Marquesa de Saluzzo

Esteve prometida em casamento ao Infante Jaime d'Aragão (depois Rei de Maiorca), varão secundogénito de Jaime I de Aragão. O noivado foi rompido a 11 de Agosto de 1266. Beatriz se casou em primeiras núpcias a 21 de outubro de 1268 com Pedro de Chalon, Senhor de Châtelbelin, que morreria seis anos mais tarde sem descendência. Casou em segundas núpcias com o Infante Manuel de Castela, senhor de Villena, Escalona e Peñafiel, filho de Fernando III de Castela e irmão mais novo de Afonso X, o Sábio. Ficou conhecida como Senhora de Vilhena devido ao senhorio do seu marido. Desde casamento resultou o único filho que se conhece de Beatriz de Saboia:

O seu marido, o Infante D. Manuel, morre um ano após o nascimento do filho, que lhe sucedeu nos seus senhorios. D. Beatriz cuidou do seu filho e do património deste até à sua morte 9 anos depois. O pequeno infante, orfão aos 10 anos, seria depois posto a cargo do seu tio o Rei Sancho IV de Castela. Através do seu filho, Beatriz de Saboia é ascendente da família portuguesa de Vilhena.