Bernardo I de Baden-Baden

Bernardo I de Baden-Baden (em alemão: Bernhard I. von Baden; 1364Baden-Baden, 5 de abril de 1431), foi um nobre alemão, pertencente à Casa de Zähringen, e que foi Marquês de Baden-Baden de 1372 até à sua morte.

Bernardo I de Baden
Gravura de Bernardo I
Margrave de Baden-Baden
Reinado 1372-1431
Antecessor(a) Rodolfo VI
Sucessor(a) Jaime I
 
esposa (1) Margarida de Hohenberg
(2) Ana de Oettingen
Descendência Ana, Condessa de Lichtenberg;
Beatriz, Condessa de Leiningen-Hartenburg;
Margarida, Condessa de Nassau-Wiesbaden-Idstein;
Jaime I, Marquês de Baden-Baden;
Inês, Condessa de Holstein-Rendsburg;
Úrsula, Duquesa de Teck.
Casa Zähringen
Nome completo Bernhard I. von Baden
Nascimento 1364
  Hachberg
Morte 5 de abril de 1431 (57 anos)
  Baden-Baden
Pai Rodolfo VI de Baden-Baden
Mãe Matilde de Sponheim
Brasão

BiografiaEditar

Bernardo era o filho mais velho do marquês Rodolfo VI de Baden-Baden e de Matilde de Sponheim. Juntamente com o seu irmão Rodolfo VII concluiu um contrato de herança em 1380, de acordo com o qual a Marca poderia ser dividida apenas entre descendestes masculinos e durante as duas gerações seguintes. Após o acordo, Rodolfo governou as áreas meridionais de Ettlingen, passando por Rastatt até Baden-Baden; e Bernardo as áreas mais a norte á volta de Durlach e Pforzheim.

Mas em 1391, com a morte de Rodolfo VII sem descendência, todos os territórios passam a estar sob o governo de Bernardo I que, com a sua família, instala-se na fortaleza de Hohenbaden, nas colinas juntas da cidade termal de Baden-Baden. Durante o seu reinado ampliou o castelo com base na sua estrutura Gótica.

A 25 de julho de 1415, Bernardo I adquiriu a Marca de Baden-Hachberg[1] por 80.000 florins renanos ao seu parente Otão II, o último marquês dessa linha colateral.

Durante ester tempo Bernardo teve inúmeras disputas com as cidades de Estrasburgo e de Espira, bem como com o rei Roberto I. O seu sucessor, o filho Jaime I continuou os trabalhos de expansão do castelo numa verdadeira fortaleza.

Casamentos e descendênciaEditar

A 22 de junho de 1368 foi contratado o casamento de Bernardo I com Margarida, filha única e herdeira do Conde Rodolfo III de Hohenberg. O casamento formal ocorreu dezasseis anos mais tarde, a 1 de setembro de 1384. O casal não teve descendência e acabou por se divorciar em 1391.

A 15 de setembro de 1397 foi obtida a necessária dispensa papal para o casamento entre Bernardo I e Ana, filha do Conde Luís XI de Oettingen, dado o grau de consanguinidade que unia os noivos. O casamento teve lugar a 27 de março de 1398. Deste casamento nasceram dez filhos:

  1. Ana (Anna) (1399 – após 6 de dezembro de 1421), casou com Luís IV de Lichtenberg;
  2. Beatriz (Beatrix) (1400 – 1452), que casou com o Conde Emich VI de Leiningen-Hartenburg.
  3. Matilde (Matilde) (1401 – 1402);
  4. Margarida (Margarete) (1404 – 1442), que casou com o Conde Adolfo II de Nassau-Wiesbaden-Idstein;
  5. Jaime (Jakob) (1407 – 1453), que sucedeu ao pai como Margrave of Baden-Baden;
  6. Inês (Agnes) (1408 – 1473), que casou com o Conde Gerardo VII de Holstein-Rendsburg e em segundas núpcias (secretamente) com Hans von Löwen;
  7. Úrsula (Ursula) (1409 – 1429), casou em primeiras núpcias com o Conde Gottfried IX de Ziegenhain e, em segundas núpcias, com o Duque Ulrich II de Teck;
  8. Bernardo (Bernhard) (1412 – 1424);
  9. Brígida (Brigitte) (1416 – após 24 de julho de 1441), freira;
  10. Rodolfo (Rudolph) (1417 – 1424).

Bernardo teve também dois filhos ilegítimos:

  1. Bernardo (Bernhard), padre em Besigheim (entre 1422 e 1439) e Cónego na Catedral de Basileia em 1439.
  2. Ana (Anna) (morreu antes de 12 de maio de 1449), casou com Paul Lutran von Ertrin, homem de leis em Pforzheim.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

  1. que incluía as localidades de Hachberg, Höhingen, Ober-Usenberg e Sulzburg


Bernardo I de Baden-Baden
Nascimento: 1364 Morte: 5 de abril 1431
Precedido por
Rodolfo VI
 
Margrave de Baden-Baden

1372 - 1431
(com Rodolfo VII até 1391)
Sucedido por
Jaime I
Precedido por
Otão II
Margrave de Baden-Hachberg
1415 - 1431
Sucedido por
(integrado em Baden-Baden)

BibliografiaEditar

  • (em alemão) Friedrich von Weech, Bernhard I., Markgraf v. Baden [In:] Allgemeine Deutsche Biographie (ADB), vol 2, Duncker & Humblot, Leipzig 1875, pp. 415–416.
  • (em alemão) H. Dietrich Siebert, Bernhard I., Markgraf von Baden [In:] Neue Deutsche Biographie (NDB), vol. 2, Duncker & Humblot, Berlin 1955, pág.  109 online.
  • (em alemão) Richard Fester, Die Erwerbung der Herrschaften Hachberg und Höhingen durch Markgraf Bernhard I. von Baden in: Zeitschrift für die Geschichte des Oberrheins, NF vol. X., 1895, pág.  650–667.
  • (em alemão) Richard Fester, Markgraf Bernhard I. und die Anfänge des badischen Territorialstaates, 1896 artigo online
  • (em francês) Anthony Stokvis, Manuel d'histoire, de généalogie et de chronologie de tous les États du globe,depuis les temps les plus reculés jusqu'à nos jours, préf. H. F. Wijnman, Israël, 1966, chapitre VIII. « Généalogie de la Maison de Bade, II. » tableau généalogique n° 105;
  • (em francês) Jiří Louda & Michael Maclagan, Les Dynasties d'Europe, Bordas, Paris 1981, ISBN 2040128735 « Bade Aperçu général », quadro 106 & pág. 210.