Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Julho de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Blindagem (desambiguação).
O M1 Abrams do Exército dos Estados Unidos com a atualização TUSK utiliza blindagem composite, reativa, e de barras.

Blindagem é a tecnologia utilizada especialmente em veículos para a proteção pessoal contra armas de fogo. Criada para a guerra, a inovação em pouco tempo alcançou centros urbanos de países com altos índices de violência, como o Paraguai ou a Colômbia. Para blindar um carro é necessário uma autorização do Exército e não basta que a empresa blindadora tenha o CR (Certificado de Registro) no Exército, sem o qual a blindadora não pode atuar no segmento. A empresa precisa ter Alvará da Polícia Civil, o D.P.C., e uma autorização específica para cada veículo a ser blindado. Esse requerimento deve ser feito em formulário próprio e enviado à Região Militar (R.M.) em que a blindadora está registrada. Esse procedimento visa evitar que carros blindados sejam utilizados por pessoas não idôneas.

Para a pessoa física blindar um carro, é necessário apresentar RG, CPF, comprovante de residência, CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo), certidões negativas criminais da Justiça Federal, Estadual e Militar dos últimos cinco anos, e Atestado de Antecedentes Criminais, emitido pela Polícia Civil do Estado. Se o carro for de empresa, também será preciso apresentar CNPJ e Certidão de Antecedentes dos distribuidores da Justiça Federal, Estadual e Militar de cada um dos sócios administradores ou gerentes, das Comarcas onde tenham sido domiciliados nos últimos cinco anos.

Níveis de blindagemEditar

Existem vários tipos de blindagem, sendo as mais comuns a II e a IIIA.

A blindagem nível IV é a mais segura disponível a civis, porém esse nível de blindagem é altamente burocrático, precisando tramitar no Exército e Ministério da Defesa, sendo necessário apresentar um requerimento que justifique tal proteção. A blindagem nível V está disponível apenas para as Forças Armadas, chefes de estado, presidentes, com raras concessões oferecidas a mega empresários que plenamente justifiquem a real necessidade de tal proteção.[1]

Associação Brasileira de BlindagemEditar

Fundada em maio de 2001, a ABRABLIN comemora o décimo sexto ano de atividades no segmento nacional de blindagem.

Certificada pelo Exército Brasileiro como representante autorizada de empresas do segmento de blindagem , a ABRABLIN reúne 70 associados que atuam no segmento de blindagem: blindadores, fabricantes, comerciantes ou locadoras de veículos blindados. [2]

Referências

  Este artigo sobre armas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.