Abrir menu principal
Bob de Moor
Bob de Moor
Bob-de-moor-1357174668.jpg

Nascimento 13 de setembro de 1925
Local Antuérpia, Bélgica
Morte 26 de agosto de 1992 (66 anos)
Local Bruxelas, Bélgica
Nacionalidade Belga
Área(s) de atuação escritor e desenhista

Robert Frans Marie De Moor (Antuérpia, 20 de Dezembro de 1925 - Bruxelas, 26 de Agosto de 1992), foi um desenhador belga, que ficou conhecido como Bob de Moor. Autor de várias obras, colaborou com Hergé nas Aventuras de Tintim.

BiografiaEditar

De Moor estudou na Escola de Artes de Antuérpia, e após a conclusão dos estudo, trabalhou no estúdio de cartoons Afim.

Em 1945, cria Bart de Scheepsjongen, para a revista Kleine Zondagsvriend, e diversas histórias com o inspector Marks, o professor Hobbel e o seu assistente Sobbel. No final de 1945, início de 1946, trabalhou na revista ABC, onde desenha diversos cartoons humorísticos.

Em 1947, cria a banda desenhada, Le Mystère du Vieux Château-Fort, baseada numa história de John van Looveren.

Publica vários trabalhos em jornais flamengos, como Monneke en Johnneke, Janneke en Stanneke, Het Leven van J.B. de la Salle, e trabalha para a revista Tintim e para a sua versão belga, Kuifie, com Barelli, Cori de Scheepsjongen, e Mr. Mus.

Em 1950, entra para os Studios Hergé, como assistente principal. Supervisiona os rascunhos de Tintim. Participa, também, nas versões animadas de O Templo do Sol (Le Temple du Soleil) e o Lago dos Tubarões (Tintin et le Lac aux Requins).

Em 1959, cria De avonturen van Nonkel Zigomar e, em 1970 desenha o episódio Le Repaire du Loup, na série Lefranc, de Jacques Martin.

Até aos anos 80, De Moor trabalha nos Studios Hergé. Após a morte de Hergé, em 1983, a sua vontade era terminar o livro Tintim e o Alph-Art, mas a esposa de Hergé, Fanny, não permite.

Em 1989, De Moor termina a segunda parte do livro de Edgar P. Jacobs, As 3 Fórmulas do Professor Sato, da série Blake & Mortimer. No mesmo ano, torna-se o director artístico das Edições Lombard, e presidente do CBBD (Belgian Centre of Comics), até à sua morte, em 1992.

O seu filho Johan de Moor, terminou o seu último álbum da série Cori de Scheepsjongen, Dali Capitan, publicada em Janeiro de 1993.

ObrasEditar

  • Les Aventures de Johan et Stefan
  • Les Aventures de Barelli
  • Cori le Moussaillon

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bob de Moor