Abrir menu principal
Espanha Boimorto 
  Município  
Igrexa de Santa María de Sendelle, Boimorto.jpg
Brasão de armas de Boimorto
Brasão de armas
Boimorto está localizado em: Espanha
Boimorto
Localização de Boimorto na Espanha
Coordenadas 43° 0' 27" N 8° 7' 37" O
Comunidade autónoma Galiza
Província Corunha
- Alcaide María Jesús Novo Gómez (PP) [1] (2015)
Área
- Total 82,71 km²
Altitude 500 m
População (2007)
 - Total 2 370
    • Densidade 28,7 hab./km²
Gentílico Boimortense
Código postal 15816, 15817 e 15818 [2]
Website www.concellodeboimorto.es
Localização de Boimorto

Boimorto é um município da Espanha na província da Corunha, comunidade autónoma da Galiza, de área 82,71 km² com população de 2370 habitantes (2007) e densidade populacional de 28,65 hab./km².[3]

ToponímiaEditar

Segundo Gonzalo Ramón Navaza Blanco, professor sênior de literatura da Universidade de Vigo, o nome do topônimo poderia ter sua origem na palavra bado, que designaria um passo não usado atualmente.[4] Outra possibilidade é que boi faça referência a rochas, pois aparece em vários nomes de lugares com esse significado, e morto tenha um significado semelhante e se refera a um passo com abundantes pedras.[5] Esta é a tese apoiada por Fernando Cabeza Quiles, que afirma que podería vir da raiz celta mor.[6]

LocalizaçãoEditar

O município de Boimorto, que cobre uma área de 82,34 km², está localizado no sudeste da província da Corunha. Seu território está representado nas folhas MTN50 (escala 1:50 000) 0071 e 0096 do Mapa Topográfico Nacional.[7]

DemografiaEditar

Variação demográfica do município entre 1991 e 2004
1991 1996 2001 2004
2999 2722 2522 2486

Administração e políticaEditar

Politica da prefeituraEditar

A distribuição dos conselheiros da comuna apresenta três períodos facilmente identificáveis. O primeiro deles é aquele entre as eleições municipais de maio de 1983 e as de maio de 2003, quando os diferentes candidatos presididos por Luis Verea Taboada (AP-PDP-UL em 1983, AP em 1987 e PPdeG a partir de então) obtêm maiorias absolutas.[8][9][10][11] O ponto de inflexão ocorreu em 2003, quando um dos conselheiros do PPdeG, José Ignacio Portos Vázquez, apresentou sua própria candidatura, Alternativa de Independentes por Boimorto (AIB).[8][11][12]

A nova candidatura, AIB, recebe 578 votos no total, principalmente às custas do PP,[8] e concorda com os dois partidos restantes, PSdeG-PSOE e BNG, o governo da cidade. Assim começa o segundo período, durante o qual José Ignacio Portos Vázquez, primeiro na AIB, depois na PSdeG-PSOE, será prefeito por três mandatos.[12][13][14][15]

Resultados eleitorais ao nível municipal desde 1979[8]
Eleições UCD CD AP-PDP-UL EG   PSdeG-PSOE   AP   PPdeG PDP-PL-CG   BNG DG AIB
Vot. C. Vot. C. Vot. C. Vot. C. Vot. C. Vot. C. Vot. C. Vot. C. Vot. C. Vot. C. Vot. C.
Abril 1979 627 9 332 4 - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Março 1983 - - - - 792 7 341 3 222 1 - - - - - - - - - - - -
Junho 1987 - - - - - - - - 305 2 804 6 - - 458 3 77 0 - - - -
Março 1991 - - - - - - - - 491 3 - - 1036 6 - - 305 2 - - - -
Março 1995 - - - - - - - - 310 2 - - 1250 8 - - 203 1 - - - -
Março 1999 - - - - - - - - 348 2 - - 1250 7 - - 238 1 215 1 - -
Março 2003 - - - - - - - - 235 1 - - 729 5 - - 242 1 - - 578 4
Março 2007 - - - - - - - - 887 6 - - 612 4 - - 220 1 - - - -
Março 2011 - - - - - - - - 789 5 - - 670 5 - - 196 1 - - - -
Março 2015 - - - - - - - - 538 4 - - 687 5 - - 297 2 - - - -
Março 2019[16] - - - - - - - - 396 3 - - 757 6 - - 249 2 - - - -

Já em seu terceiro mandato como prefeito do município, José Ignacio Portos Vázquez renuncia por problemas pessoais.[15][17] Por esse motivo, Ana Ledo Fernández torna-se prefeita de Boimorto em 26 de maio de 2014.[15]

Na legislatura 2015-2019, Gonzalo Concheiro Coello, chefe da lista de PP,[18] apresenta uma moção de censura que vence graças ao desertor José Balado Casal.[19] terceiro do PSOE.[18] Essa moção de censura derruba o prefeito pelo BNG, José Luis Rivas Cruz.[20]

Lista de prefeitos desde as eleições municipais de 1979
Legislatura Nome Partido
1979 - 1983 José Antonio Blanco Ramos UCD
1983 - 1985 Luis Verea Taboada CP
1985 - 1987 Luis Verea Taboada   AP
1987 - 1991 Luis Verea Taboada   PP
1991 - 1995 Luis Verea Taboada   PP[9]
1995 - 1999 Luis Verea Taboada   PP[10]
1999 - 2003 Luis Verea Taboada   PP[11]
2003 - 2007 José Ignacio Portos Vázquez AIB[12]
2007 - 2011 José Ignacio Portos Vázquez   PSdeG-PSOE[13]
2011 - 2015 José Ignacio Portos Vázquez[15]
Ana Ledo Fernández[15]
  PSdeG-PSOE[14]
  PSdeG-PSOE[14]
2015 - 2019 José Luis Rivas Cruz[21]
Gonzalo Concheiro Coello[19]
María Jesús Novo Gómez[20]
  BNG[18]
  PP[18]
  PP[18]
2019 - atu. María Jesús Novo Gómez   PP[22]

Referências

  1. «Corporación Municipal». Consultado em 26 junho 2019 
  2. «Buscador Códigos Postales». Sociedad Estatal Correos y Telegrafos, S.A. Consultado em 26 junho 2019 
  3. «Censo 2011». Instituto Nacional de Estatística (Espanha) 
  4. «¿Por qué Boimorto se llama Boimorto?». La Voz de Galicia (em espanhol). 22 setembro 2017. Consultado em 25 junho 2019 
  5. «Boimorto@NET | Toponimia». Consultado em 25 junho 2019 
  6. Cabeza Quiles, Fernando (1992). Os nomes de lugar [Los nombres de lugar] (em galego). Vigo: Xerais. pp. 73–74 
  7. «Centro de Descargas del CNIG (IGN)» (em espanhol). Centro Nacional de Información Geográfica. Consultado em 26 junho 2019 
  8. a b c d «Consulta de Resultados Electorales» (em espanhol). Ministerio del Interior de España. Consultado em 26 junho 2019 
  9. a b «JUNTA ELECTORAL DE ZONA DE SANTIAGO» (PDF). BOLETÍN OFICIAL DE LA PROVINCIA DE A CORUÑA (em espanhol). 25 abril 1991. Consultado em 30 junho 2019 
  10. a b «JUNTA ELECTORAL DE ZONA DE SANTIAGO» (PDF). BOLETÍN OFICIAL DE LA PROVINCIA DE A CORUÑA (em espanhol). Diputación de A Coruña. 26 abril 1995. p. 3005. Consultado em 30 junho 2019 
  11. a b c «JUNTA ELECTORAL DE ZONA DE SANTIAGO» (PDF). BOLETÍN OFICIAL DE LA PROVINCIA DE A CORUÑA (em espanhol). Diputación de A Coruña. 12 março 1999. p. 4178. Consultado em 30 junho 2019 
  12. a b c «JUNTA ELECTORAL DE ZONA DE SANTIAGO» (PDF). BOLETÍN OFICIAL DE LA PROVINCIA DE A CORUÑA (em espanhol). Diputación de A Coruña. 25 abril 2003. p. 4693. Consultado em 30 junho 2019 
  13. a b «JUNTA ELECTORAL DE ZONA DE SANTIAGO». BOLETÍN OFICIAL DE LA PROVINCIA DE A CORUÑA (em espanhol). 25 abril 2007. p. 4693. Consultado em 30 junho 2019 
  14. a b c «JUNTA ELECTORAL DE ZONA DE SANTIAGO» (PDF). BOLETÍN OFICIAL DE LA PROVINCIA DE A CORUÑA (em espanhol). 20 abril 2011. Consultado em 30 junho 2019 
  15. a b c d e «BORRADOR ACTA DA SESIÓN EXTRAORDINARIA DE ELECCIÓN DE ALCALDE 26/05/2014» (PDF) (em galego). Concello de Boimorto. 26 março 2014. p. 3. Consultado em 26 junho 2019 
  16. «Elecciones 2019» (em espanhol). Ministerio del Interior. Consultado em 27 junho 2019 
  17. N. Noguerol (21 maio 2014). «Ignacio Portos deja la alcaldía de Boimorto tras once años». La Voz de Galicia. Consultado em 30 junho 2019 
  18. a b c d e «JUNTA ELECTORAL DE LA ZONA DE SANTIAGO» (PDF). BOLETIN OFICIAL DE LA PROVINCIA DE A CORUÑA (em espanhol). Diputación de A Coruña. 22 abril 2015. Consultado em 26 junho 2019 
  19. a b «BORRADOR ACTA DA SESIÓN ESPECIAL ( MOCIÓN DE CENSURA ) CELEBRADA POLO PLENO DA CORPORACIÓN CON DATA 14 DE AGOSTO DE 2015» (PDF) (em galego). Concello de Boimorto. 14 agosto 2015. Consultado em 26 junho 2019 
  20. a b «BORRADOR ACTA DA SESIÓN EXTRAORDINARIA DE ELECCIÓN DE ALCALDE 20/05/2016.» (PDF) (em galego). Concello de Boimorto. 20 março 2016. Consultado em 26 junho 2019 
  21. «ACTA DA SESIÓN EXTRAORDINARIA DE CONSTITUCIÓN DA CORPORACIÓN MUNICIPAL E ELECCIÓN DO ALCALDE» (PDF) (em galego). Concello de Boimorto. 13 junho 2019. p. 4. Consultado em 26 março 2019 
  22. «JUNTA ELECTORAL DE ZONA DE SANTIAGO» (PDF). BOLETIN OFICIAL DE LA PROVINCIA DE A CORUÑA (em espanhol). Diputación de A Coruña. 24 abril 2019. Consultado em 26 junho 2019 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Boimorto
  Este artigo sobre geografia da Galiza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre Municípios da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.