Abrir menu principal
Estrutura observada dos braços espirais da Via Láctea.

O Braço de Sagitário (também conhecido como o Braço de Sagitário-Carina) é um dos braços espirais de nossa galáxia, a Via Láctea. Um braço espiral é uma agrupação de estrelas em forma de curva e alongada, que se afasta do centro galáctico. Estas estruturas abrigam grandes populações da ordem de bilhões de estrelas, e o Braço de Sagitário é uma das maiores da nossa galáxia.

A Via Láctea é uma galáxia espiral barrada, de modo que os braços espirais emergem de uma barra central; de maneira diferente, em uma galáxia espiral os braços parecem ter nascido diretamente do núcleo galáctico. O extremo interior do braço de Sagitário se conecta a um extremo da barra central, o que faz, juntamente com o Braço de Norma, o maior da galáxia.

O Braço de Sagitário está localizado entre o Braço de Scutum-Crux e o Braço de Órion (este último é onde se encontra o nosso Sol). Recebe seu nome porque está localizado muito perto da constelação de Sagitário (observada no céu noturno da Terra), em direção ao centro galáctico.

Índice

Será que o braço existe para todos?Editar

Recentemente tem sido sugerido que o Braço de Sagitário não existe para todos e é simplesmente uma concentração de gás e estrelas recém-formadas.[1]

Objetos visíveisEditar

Um certo número de objetos Messier, que são visíveis através de um telescópio amador ou binóculos, são encontrados no Braço de Sagitário.

Outras fontesEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Shiga, David (3 de junho de 2008). «Two of the Milky Way's spiral arms may be 'demoted'». NewScientist 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um objeto do céu profundo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.