Brendan Bracken

Brendan Bracken
Brendan Bracken em 1947
Nascimento 15 de fevereiro de 1901
Templemore
Morte 8 de agosto de 1958 (57 anos)
Londres
Cidadania Reino Unido, Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda
Ocupação político, jornalista, empresário
Título visconde
Causa da morte câncer esofágico

Brendan Bracken, 1.º Visconde BrackenPC (Templemore, Irlanda, 15 de fevereiro de 19018 de agosto de 1958) foi um empresário britânico de origem irlandesa, conhecido por integrar o governo conservador britânico durante a Segunda Guerra Mundial

Na década de 1930 terá conhecido Winston Churchill. Opôs-se à cooperação do Banco de Inglaterra com o regime de Adolf Hitler, e apoiou os esforços de Winston Churchill na guerra,[1] Foi o fundador da versão moderna do Financial Times.[2] tendo sido Ministro da Informação de 20 de julho de 1941 a 25 de maio de 1945. Foi também Primeiro Lorde do Almirantado de 25 de maio a 26 de julho de 1945. Voltou à Câmara dos Comuns em novembro, vencendo a eleição eleitoral em Bournemouth. Desde 1950, ele representou Bournemouth East e Christchurch.

Bracken esteve na Câmara dos Comuns até 1952, quando recebeu o título de Visconde Bracken. Bracken nunca usou esse título. Ele também não compareceu às reuniões da Câmara dos Lordes. Morreu de cancro do esófago em 1958. O título expirou com sua morte.

Referências