Bridget Jones's Baby

Bridget Jones's Baby (bra: O Bebê de Bridget Jones[1][2]; prt: O Bebé de Bridget Jones[3]) é um filme irlando-franco-britano-estadunidense de 2016, do gênero comédia romântica, dirigido por Sharon Maguire.[3][1]

Bridget Jones's Baby
Cartaz para divulgação no Brasil
No Brasil O Bebê de Bridget Jones
Em Portugal O Bebé de Bridget Jones
 Reino Unido ·  Irlanda ·
 Estados Unidos ·  França
2016 •  cor •  123 min 
Direção Sharon Maguire
Produção Tim Bevan
Eric Fellner
Roteiro Helen Fielding
David Nicholls
Emma Thompson
Baseado em Characters por Helen Fielding
Elenco Renée Zellweger
Colin Firth
Patrick Dempsey
Jim Broadbent
Sally Phillips
Jessica Hynes
Género comédia romântica
Música Craig Armstrong
Cinematografia Andrew Dunn
Distribuição Universal Studios
Lançamento Portugal 15 de Setembro de 2016
Reino Unido 16 de Setembro de 2016
Estados Unidos 16 de Setembro de 2016
Brasil 29 de Setembro de 2016
Idioma inglês
Cronologia
Bridget Jones: The Edge of Reason (2004)

Lançado em 29 de setembro de 2016[2], este terceiro filme da franquia é baseado nas colunas jornalísticas de Helen Fielding e tem a participação de Patrick Dempsey.

ProduçãoEditar

Em julho de 2009 a revista Variety anunciou que um terceiro filme estaria nos primeiros estágios de produção. A produtora Working Title Films confirmou que o longa desta vez não seria baseado no terceiro romance da série de Helen Fielding, mas em suas colunas para o jornal britânico The Independent de 2005.[4]

Em julho de 2011, Paul Feig estava em negociações finais para dirigir o longa com base no roteiro de Fielding. Mais tarde, em outubro, o site americano Deadline.com noticiou que Feig abandonara o projeto alegando diferenças criativas com a produtora Working Title.[5] Em 2014, numa entrevista, Hugh Grant mencionou a existência de um roteiro pronto do longa, porém descartou a hipótese de reprisar seu papel.

Em junho de 2015, foi anunciado que as negociações para o filme estavam a todo o vapor e Sharon Maguire, diretor do primeiro filme, retornaria para dirigir o longa.[6] Em setembro, Patrick Dempsey se juntou ao elenco.

ElencoEditar

Recepção da críticaEditar

O filme tem 78% de aprovação no Rotten Tomatoes, com nota 6,33/10 baseada em 209 avaliações. O consenso geral diz: "O bebê de Bridget Jones pode chegar atrasado, mas os fãs da série ainda devem achar sua terceira parcela um pacote de alegria".[7] No Metacritic, o filme tem uma pontuação de 59 em 100, com base em 42 críticas, indicando "críticas mistas ou médias".[8] As audiências consultadas pelo CinemaScore deram ao filme uma nota média de "B +" na escala A + a F.[9]

Prêmios e indicaçõesEditar

Bridget Jones's Baby foi indicado ao prêmio do público de melhor filme europeu no 30th European Film Awards.[10] Recebeu uma indicação ao prêmio de melhor filme estrangeiro no Globe de Cristal Awards em 2017 e ao prêmio de melhor filme do ano no Diversity in Media Awards. Craig Armstrong foi premiado pela ASCAP Film and Television Music Awards.

Referências

  1. a b «O Bebê de Bridget Jones». Brasil: CinePlayers. Consultado em 6 de abril de 2019 
  2. a b «O Bebê de Bridget Jones». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 6 de abril de 2019 
  3. a b «O Bebé de Bridget Jones». Portugal: CineCartaz. Consultado em 6 de abril de 2019 
  4. Jaafar, Ali (14 de julho de 2009). «Third 'Bridget Jones' in works». variety.com. Consultado em 15 de setembro de 2015 
  5. http://m.omelete.uol.com.br/filmes/noticia/bridget-jones-3-paul-feig-nao-e-mais-o-diretor-do-filme/
  6. http://www.dailymail.co.uk/tvshowbiz/article-3139631/Bridget-Jones-s-Baby-film-set-final-push-s-daddy.html
  7. «O Bebê de Bridget Jones». Rotten Tomatoes. Consultado em 24 de junho de 2020 
  8. «Bridget Jones's Baby reviews». Metacritic. Consultado em 24 de junho de 2020 
  9. «Cinemascore». CinemaScore 
  10. «Bridget Jones' Baby (2016) — Awards». IMDb 
  Este artigo sobre um filme britânico é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.