Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Burgo (desambiguação).
Burgo de Osma

Burgo é uma divisão administrativa em vários países. Em princípio, o termo designa uma cidade murada autogovernada, embora, na prática, o uso oficial do termo varia amplamente.

Índice

EtimologiaEditar

A palavra vem do latim burgus, que significa "pequena fortaleza, povoado" que, pelo germânico burgs, ficou cidadela fortificada.[1] Em alemão a palavra Burg é associada a construções mais antigas e fortificadas, e a palavra Schloss é associada aos palácios e castelos construídos na Europa no final da Idade Média. Ela deriva do germânico comum *burgs, de significado forte: compare com bury (inglês, que nesta língua derivou também para os termos borough, brough, burgh), burgh (escocês), Burg (alemão), borg (escandinavo), burcht (holandês) e o empréstimo germânico presente em línguas indo-europeias vizinhas tal como borgo (italiano), bourg (francês), burgo (espanhol e português). A incidência destas palavras como sufixos de nomes de lugar (por exemplo, Cantuária (Canterbury), Estrasburgo, Luxemburgo, Edimburgo, Hamburgo, Gotemburgo, Joanesburgo), geralmente indica que eles eram assentamentos fortificados.

Idade MédiaEditar

Os burgos surgiram na Baixa Idade Média, na época da decadência feudal e crescimento comercial e urbano.[2] Os burgos desenvolveram-se pelo processo de troca de produtos entre um feudo e outro. Os produtores levavam seus produtos até o burgo (que ficava "dentro" de um feudo) e lá faziam uma espécie de feira trocando seus produtos por outros ou por dinheiro.

Os habitantes dos burgos dedicavam-se ao comércio e à produção artesanal, que era realizada pelo mestre em sua oficina.[3] Seus habitantes eram chamados de burgueses, crescendo em poder econômico de modo que no século XIX formaram a burguesia.[4]

Divisão administrativaEditar

Um burgo é uma subdivisão administrativa utilizada na província canadense do Quebeque, no Reino Unido e em alguns estados estadunidenses (Alasca, Conecticute, Minesota, Virgínia, Pensilvânia, Nova Jérsei e Nova Iorque, neste como uma das cinco divisões da cidade de Nova Iorque). Equivale similarmente a distrito, freguesia ou subprefeitura. Por vezes, o termo "bairro" também é utilizado em substituição como uma palavra mais atual, embora entenda-se que distritos, freguesias e subprefeituras em geral indiquem subdivisões administrativas imediatas de uma cidade (município), enquanto um bairro geralmente tem papel apenas de referência geográfica.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Dicionário eletrônico Houaiss da língua portuguesa 3.0
  2. «Renascimento comercial e urbano: Surgem os burgos e a burguesia». UOL Educação 
  3. «Transformações na Sociedade Feudal». Brasil Escola 
  4. «Baixa idade média (Sec. XI - XV)» (PDF). Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano