Abrir menu principal
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde fevereiro de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
"Buttons"
Single de The Pussycat Dolls com a participação de Snoop Dogg
do álbum PCD
Lado B "Flirt"
Lançamento 11 de abril de 2006 (2006-04-11)
Formato(s)
Gravação 2005
Gênero(s)
Duração 3:52
Gravadora(s) A&M
Composição
Produção
Cronologia de singles de The Pussycat Dolls
"Beep"
(2006)
"I Don't Need a Man"
(2006)
Cronologia de singles de Snoop Dogg
"Say Somethin'"
(2006)
"Go to Church"
(2006)

"Buttons" (em português: Botões) é uma canção gravada pelo girl group americano The Pussycat Dolls para seu primeiro álbum de estúdio, PCD (2005). Foi escrita por Sean Garrett, Jamal Jones, Jason Perry e Nicole Scherzinger e produzido pelos dois primeiros juntamente com Ron Fair, Tal Herzberg e Young Smoke. Ela foi remixada com vocais adicionais do rapper americano Snoop Dogg e foi lançada como download digital em 11 de abril de 2006 como quarto single do álbum. "Buttons" contém elementos de músicas do Oriente Médio, enquanto a letra da canção fala de uma mulher com desejo de ser despida.

Os críticos foram divididos em "Buttons", com alguns elogiando a produção da música; no entanto, outros criticaram por ter seguido a mesma fórmula dos singles anteriores do grupo. A música alcançou o top-5 em países como Austrália, Alemanha e Reino Unido. A canção alcançou o número um na Áustria e na Nova Zelândia, onde se tornou o quarto single número um consecutivo na parada. Atingindo o número três na Billboard Hot 100 e vendeu mais de dois milhões de cópias nos Estados Unidos, fazendo das Pussycat Dolls o primeiro grupo feminino na história digital a ter três singles ultrapassando a marca de dois milhões em vendas digitais.

O videoclipe, dirigido por Francis Lawrence, mostra as Pussycat Dolls em várias coreografias de dança. Outras cenas incluem Scherzinger sozinha cantando os versos. Desde o seu lançamento, "Buttons" tornou-se um marco nas performances ao vivo de Scherzinger. Fazia parte dos set lists das duas únicas turnês do grupo, PCD World Tour (2006–07), Doll Domination Tour (2009) e o Killer Love Tour (2012) de Scherzinger. Foi indicado a dois prêmios no MTV Video Music Awards de 2006 de Melhor Vídeo Dance e Melhor Coreografia; ganhando o primeiro prêmio.

ComposiçãoEditar

Uma amostra de 24 segundos de "Buttons".

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

"Buttons" foi escrito por Sean Garrett, Jamal Jones, Jason Perry e Nicole Scherzinger e produzido pelos dois primeiros ao lado de Ron Fair, Tal Herzberg e Young Smoke.[1] Garrett escreveu a canção em um curto espaço de tempo, com Nicole Scherzinger em mente dizendo: "[ela] é muito sexy, então o conceito de soltar seus botões, todo cara iria querer isso e as mulheres não teriam problema com os caras afrouxando seus botões."[2] A produção vocal de "Buttons" foi completada por Fair enquanto a engenharia foi feita por JD Andrew, Mike" Angry "Eleopoulos e Pro Tools por Tal Herzberg e Young Smoke.[1] Foi mixado por Dave Pensado no Larabee Studios em Burbank, Califórnia.[1]

Em 19 de dezembro de 2005, as Pussycat Dolls cantaram no Radio Music Awards de 2005 uma "rendição atrevida" de "Santa Baby", onde Snoop Dogg se juntou a elas, vestido de Papai Noel.[3] Após a apresentação, a Interscope Records pediu a Snoop Dogg para fazer parte da música adicionando dois versos.[4] Em fevereiro de 2006, no evento Grammy Style Studio, Scherzinger anunciou que Snoop Dogg estaria presente no remix, exclamando: "É o D-O-double-G, baby!".[3]

"Buttons" dura três minutos e cinquenta e dois segundos.[1] Foi escrito na clave de Ré menor com uma assinatura de tempo em tempo comum, com uma batida moderado de 102 batimentos por minuto. O alcance vocal do grupo vai desde a nota baixa do Sol até a nota alta do ,[5] com o Scherzinger adotando vocais ofegantes.[6] O grupo assume uma postura submissa em relação a Snoop Dogg, que "parece ser o objeto de afeto para as meninas, que pedem para ele 'soltar os nossos botões' e não 'deixar [nós] pedindas mais'".[7][8] Um escritor da revista Complex escreveu que "é uma letra na direção das performances burlescas que a PCD realmente originou".[9] Um escritor da revista Vibe notou que a produção da canção é reminiscente de trabalhos anteriores de Timbaland.[10]

Recepção críticaEditar

Nick Butler, do Sputnikmusic, em uma análise para o PCD, escreveu que "Buttons", juntamente com "Bite the Dust" e "Flirt", não "funcionam tão bem quanto os singles". No entanto, ele escreveu mais tarde que "elas são divertidas o suficiente".[11] Spence D. da IGN escreveu que "é familiar e funky, mas não apresenta nada de novo ao reino da soul pop feminina".[12] Sal Cinquemani, da Slant Magazine, descreveu "Buttons" e "Beep" como "material degradante", notando que "eles são um pouco mais fáceis de engolir graças, em parte, à imagem de banda desenhada do grupo."[13] Miriam Zendle da Digital Spy descreveu a música como "horrível" como "Don't Cha" premiando com 1 a 5 estrelas.[7]

Pelo contrário, a revista Vibe classificou-a como a 28ª melhor canção do ano, descrevendo-a como uma música que "transborda sexualidade".[6] A Rolling Stone classificou "Buttons" no número 91 em sua lista "100 Melhores Músicas do Ano" por seus "sintetizadores compridos e coro quente" de "um tesão de grupo-feminino".[14] Em 2008, no BMI Pop Awards, "Buttons" foi reconhecido como um dos "canções premiadas" e no 24º Prêmio ASCAP Pop Music, foi reconhecido como uma das "Canções Mais Apresentadas" de 2005-06.[15][16] Por ocasião do 40º aniversário de Snoop Dogg, Erika Ramirez, da Billboard, incluiu "Buttons" no número 4 na lista do "Top 10 Billboard Hits de Snoop Dogg".[17]

Desempenho comercialEditar

Nos Estados Unidos, a canção estreou na Billboard Hot 100 no número setenta e um, em 27 de maio de 2006, ganhando a maior estreia da semana.[18] Em sua décima semana, "Buttons" entraram no top dez no número sete, e começou a constantemente subir na parada.[19] Ele acabou atingido um pico de três em 16 de setembro de 2006.[20] "Buttons" passou um total de 11 semanas dentro do top 10 da Hot 100 e 30 semanas na parada total.[19] O remix de Dave Audé da faixa liderou a parada da Hot Dance Club Songs dos EUA, enquanto a versão do álbum alcançou a posição vinte, sobre o mesmo gráfico.[21] No Pop Songs a canção alcançou a posição número um por duas semanas.[22] De acordo com a Nielsen Soundscan, em 24 de janeiro de 2010, as Pussycat Dolls tornou-se o primeiro grupo feminino na história digital a ter três singles — juntamente com "Don't Cha" e "When I Grow Up" — ultrapassando 2 milhões downloads digitais.[23] A canção foi certificada de platina pela Recording Industry Association of America (RIAA), pelas vendas de 1 milhão de cópias do single.[24] Em junho de 2007, a canção recebeu um prêmio Spin da Certified BDS por receber 300.000 reproduções de rádio nos Estados Unidos.[25]

Em sua terceira semana, a canção saltou de trinta e um lugares para o número um, sendo o quarto consecutivo número um do grupo. junto com o "Don't Cha", "Stickwitu" e "Beep", as Pussycat Dolls registraram sua décima segunda semana no topo. A canção também deslocou "Crazy" do Gnarls Barkley, do número um, que tinha passado as sete semanas anteriores no topo do gráfico. Em 13 de novembro de 2006, "Buttons" recebeu uma certificação de ouro pela Recording Industry Association of New Zealand (RIANZ), pelas vendas de 7.500 cópias. "Buttons" entreou no UK Singles Chart no número onze na semana de 25 de junho de 2006.[26]

VideoclipeEditar

 
Captura de tela do videoclipe da música.

O videoclipe de "Buttons" foi dirigido por Francis Lawrence durante um período de três dias.[27] Falando sobre o vídeo, Kimberly Wyatt disse: "Nós decidimos mudar de nível, era hora de mostrar o que realmente somos."[4] Carmit Bachar adicionou "é praticamente mostrando de onde nós viemos."[27] A coreografia foi feita pela fundadora do grupo, Robin Antin e Mikey Minden. Filmagens dos bastidores foram incluídas no álbum ao vivo Live from London (2006).[27]

SinopseEditar

O vídeo começa com Snoop Dogg fazendo seu rap enquanto a vocalista Nicole Scherzinger dança ao redor dele sedutoramente. Quando o primeiro refrão começa o grupo, vestido com roupas pretas sugestivas, caminhando em direção a um túnel onde elas mais tarde realizam um striptease. Quando o segundo coro começa, elas são vistos em uma barra horizontal. Perto do final do refrão Scherzinger se separa do grupo e se apresenta contra um pano de fundo de cortinas feitas de joias e então passa a dançar em volta de uma cadeira. Antes do refrão começar, são jogadas quatro cadeiras a mais e o grupo realiza uma coreografia de dança. Melody Thornton é separada do resto fazendo suas improvisações melismáticas no refrão. Quando o verso de Snoop Dogg começa, as Pussycat Dolls são mostradas caminhando em direção a ele. Durante o colapso, as garotas dançam enquanto a fumaça é preenchida e na metade do vídeo, o chão se incendeia e o vídeo termina com as garotas indo embora.

ReconhecimentoEditar

Tom Breihan do The Village Voice classificou o vídeo no número 10 em seus vídeos favoritos de 2006 por sua "edição chamativa, coreografia decente, um visual distinto. Se essas são coisas fáceis de fazer, por que cada vídeo pop não é tão bom assim?".[28] Samantha Friedman da VH1 descreveu a coreografia como "intrigante, sexy e atrevida".[29] A revista Playboy classificou o clipe no número 37 em sua lista de "Os 40 videoclipes mais sexy de todos os tempos" em 2014.[30] No MTV Video Music Awards de 2006, o videoclipe ganhou o prêmio de Best Dance Video e foi indicado Best Choreography in a Video.[31] No ano seguinte, o vídeo foi indicado na categoria People's Choice: Favourite International Group no MuchMusic Video Awards de 2007[32] e recebeu indicação de Melhor Hook Up no MTV Australia Video Music Awards.[33] Os coreógrafos Robin Antin e Mickey Miden foram premiados por Melhor Coreografia no 16º Prêmio Anual da Associação de Produção Musical de Vídeo.[34]

Performances ao vivoEditar

Em 31 de dezembro de 2004, As Pussycat Dolls cantaram uma versão demo de "Buttons" na véspera de Ano Novo com Carson Daly[35] Nesse momento, as Pussycat Dolls ainda estavam gravando seu álbum PCD, o grupo contou com membros da trupe que permaneceram após o processo de reformulação, como Robin Antin, Cyia Batten e Kasey Campbell. Kimberly Wyatt também é destaque como dançarina antes de se tornar uma vocalista de apoio no grupo. Em 30 de junho de 2006, as Pussycat Dolls apareceram no Good Morning America como parte de sua série de concertos de verão divulgando "Don't Cha", "Buttons" e "Stickwitu".[36] Em 8 de setembro de 2006, elas cantaram "Buttons" no Fashion Rocks, onde foram acompanhadas pelo rapper Jibbs.[37] No American Music Awards de 2006 elas cantaram "Buttons" usando "mini vestido brilhante de lantejoulas".[38] Corey Moss, da MTV, escreveu que sua performance "deixou o auditório a todo vapor".[39]

As Pussycat Dolls cantaram "Buttons" e "When I Grow Up" na abertura do MTV Asia Awards de 2004.[40] A música também foi incluída no set list da turnê Doll Domination (2009), sendo a sexta faixa executada.[41] Colene McKessick da Press and Journal disse que "sucessos como 'When I Grow Up', 'I Hate This Part' e 'Buttons', [colocam] a platéia em frenesi."[42] Nicole Scherzinger cantou a faixa como parte de um medley das Pussycat Dolls, incluída durante os shows de sua primeira turnê solo em apoio ao seu álbum de estúdio, Killer Love (2011).[43]

Versões e Remixes oficiaisEditar

Créditos e pessoalEditar

Créditos adaptados do encarte do PCD.[1]

Mixagem

Mixado no Larrabee norte (North Hollywood, em Los Angeles).

Equipe
  • JD Andrews – engenharia
  • Charlie Bisharat – violino elétrico
  • Ariel Chobaz – engenharia de mixagem
  • Luis Conte – percussão
  • Mike "Angry" Eleopoulos – engenharia
  • Ron Fair – produção, produção vocal
  • Jamal "Polow da Don" Jones – composição, produção, arranjo de faixa e programação
  • Sean Garrett – composição, produção
  • Tal Herzberg – co-produção, engenharia, Pro Tools
  • Dave "Hard Drive" Pensado – mixagem
  • Jason Perry – songwriting
  • Nicole Scherzinger – composição
  • Young Smoke – produção vocal

Desempenho nas tabelas musicaisEditar

Vendas e certificaçõesEditar

Região Certificação Vendas
Alemanha (BVMI)[86]   Ouro 150,000^
Austrália (ARIA)[87]   Platina 70,000^
Bélgica (BEA)[88]   Ouro 25,000*
Brasil (Pro-Música Brasil)[89]   Ouro 50,000*
Dinamarca (IFPI Dinamarca)[90]   Platina 15,000^
Estados Unidos (RIAA)[91]   Platina 2,000,000[23]
Nova Zelândia (RMNZ)[92]   Platina 15,000*
Reino Unido (BPI)[93]   Prata 200,000

*números de vendas baseados na certificação
^números de vendas baseados somente na certificação

Histórico de lançamentoEditar

País Data Formato Gravadora Ref.
EUA 11 de abril de 2006 (2006-04-11) Download digital Interscope [94]
Canadá [95]
EUA 8 de maio de 2006 (2006-05-08) Rádios de sucessos contemporâneos [96]
Rádio rítmica
Reino Unido 23 de junho de 2006 (2006-06-23) Extended play Polydor [97]
26 de junho de 2006 (2006-06-26) Download digital [98]
Alemanha Universal Music [99]
7 de julho de 2006 (2006-07-07) CD single [100]

Referências

  1. a b c d e PCD (Notas de mídia). Santa Monica, California: A&M, Interscope Records. 2005 
  2. Complex Staff. «Sean Garrett Tells All: The Stories Behind His Classic Records». Complex. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  3. a b J. Tecson, Brandee; Moss, Correy. «Snoop Dogg Pushing The Pussycat Dolls' 'Buttons'». MTV News. MTV Networks. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  4. a b «The Pussycat Dolls on their shoot for "Buttons"». MTV News. MTV Networks. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  5. Jason Perry; Nicole Scherzinger; Jamal Jones; Sean Garrett. «Pussycat Dolls – Buttons Sheet Music (Digital Download)» (Musicnotes). Musicnotes.com. Alfred Music Publishing. SC0028048 (Product Number). Consultado em 24 de novembro de 2010 
  6. a b «60 Songs of '06». Vibe. 15 (1): 81. ISSN 1070-4701. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  7. a b «Pussycat Dolls ft. Snoop Dogg: 'Buttons'». Digital Spy. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  8. «The top 10 stripper songs». Consultado em 24 de novembro de 2010 
  9. «Anita Ward "Ring My Bell" (1979) - 49 More Really Sexual Top 40 Hits». Complex. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  10. «Dirty Pop». Vibe. 15 (7): 95. ISSN 1070-4701 
  11. Butler, Nick. «Pussycat Dolls - PCD (album review)». Sputnikmusic. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  12. D., Spence. «The Pussycat Dolls - PCD - Music Review». IGN. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  13. Cinquemani, Sal. «The Pussycat Dolls PCD - Album Review». Slant Magazine. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  14. «The 100 Best Songs of 2006». Rolling Stone. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  15. «2008 BMI Pop Awards - Award Winning Songs». Broadcast Music, Inc. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  16. «Most Performed Songs». ASCAP. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  17. Ramirez, Erika. «Snoop Dogg's Top 10 Billboard Hits». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  18. Hope, Clover. «Rihanna's 'SOS' Signals 3rd Week At No. 1». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  19. a b «The Pussycat Dolls and Snoop Dogg - Buttons - Music Charts». aCharts.us. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  20. Hope, Clover. «Timberlake's 'Sexy' Fends Off Fergie For No. 1». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  21. «Artist Search for "the pussycat dolls"». AllMusic. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  22. Trust, Gary. «'California' Love: Katy Perry Tops Pop Songs». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  23. a b «Week Ending Jan. 24, 2010: Hope For Haiti Makes History». Yahoo! Music. Yahoo!. Consultado em 24 de novembro de 2010 [ligação inativa] 
  24. «RIAA Gold & Platinum». Recording Industry Association of America. Consultado em 24 de novembro de 2010 [ligação inativa] 
  25. «Spin Awards». Nielsen Business Media, Inc. Billboard. 119 (25): 70. ISSN 0006-2510 
  26. «Furtado holds on to singles chart». BBC News. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  27. a b c Live from London (Notas de mídia). 2006 
  28. Breihan, Tom. «The Year's Best Music Videos». The Village Voice. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  29. «Friday Face-Off Stripper Edition: The Pussycat Dolls Vs. Christina Aguilera». VH1. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  30. Fee, Rob. «The 40 Sexiest Music Videos of All Time». Playboy. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  31. «Shakira, Red Hot Chili Peppers Dominate 2006 VMA Nominee List». Rolling Stone. Consultado em 24 de novembro de 2010 
    «MTV Video Music Awards: Winners». BBC News. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  32. «MMVA07». MuchMusic. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  33. «Fergie to host MTV awards». The Sydney Morning Herald. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  34. Gottlieb, Steven. «NEWS: MVPA Award Winners». Videostatic. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  35. «New Year's Eve with Carson Daly (2004)». IMDb. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  36. «Pussycat Dolls Rock 'GMA'». ABC News. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  37. Weinstein, Farrah. «Beyonce, Jay-Z, Christina Put The Rock in Fashion Rocks Concert». MTV. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  38. «Black Eyed Peas, Rascal Flatts win AMAs». Associated Press. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  39. Moss, Corey. «Gwen, Fall Out Boy Debut New Music; K-Fed Gets Dumped Again At AMAs». MTV. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  40. «Pussycat Dolls at MTV Asia Awards 2008». Rap-Up. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  41. Mikl, Dodo. «Sexy pussy burned Incheba». Aktuality.sk (em Slovak). Consultado em 27 de novembro de 2011 
  42. McKessick, Colene. «Pussycat Dolls dominate the stage at AECC». The Press and Journal. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  43. Heaney, Stacey. «Belfast's got 'killer love' for Nicole Scherzinger». Ulster Star. Johnston Press. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  44. «The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg - Buttons» (em alemão). Charts.de. Media Control. Consultado em January 19, 2016.
  45. «Australian-charts.com – The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg – Buttons» (em inglês). ARIA Top 50 Singles. Hung Medien. Consultado em January 19, 2016.
  46. «The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg – Buttons Austriancharts.at» (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Hung Medien. Consultado em January 19, 2016.
  47. «Ultratop.be – The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg – Buttons» (em neerlandês). Ultratop 50. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em January 19, 2016.
  48. «Ultratop.be – The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg – Buttons» (em francês). Ultratop 40. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em January 19, 2016.
  49. «Danishcharts.com – The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg – Buttons. (em dinamarquês). Tracklisten. Hung Medien. Consultado em January 19, 2016.
  50. «Archive Chart» (em inglês). Scottish Singles Top 40. Consultado em December 10, 2015.
  51. «SNS IFPI» (em eslovaco). Hitparáda – Radio Top100 Oficiálna. IFPI República Checa. Nota: inserir 200636 na pesquisa. Consultado em December 10, 2015.
  52. «The Pussycat Dolls Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Hot 100 para The Pussycat Dolls. Consultado em October 2, 2016.
  53. «The Pussycat Dolls Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Adult Pop Songs para The Pussycat Dolls. Consultado em October 2, 2016.
  54. «The Pussycat Dolls – Chart history» (em inglês). Billboard Dance/Mix Show Airplay para The Pussycat Dolls. Consultado em October 2, 2016.
  55. «The Pussycat Dolls Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Hot Dance/Club Play para The Pussycat Dolls. Consultado em October 2, 2016.
  56. «The Pussycat Dolls Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Pop Songs para The Pussycat Dolls. Consultado em October 2, 2016.
  57. «The Pussycat Dolls Album & Song Chart History» (em inglês). Billboard Rhythmic Songs para The Pussycat Dolls. Consultado em October 2, 2016.
  58. «Pussycat Dolls: Buttons» (em finlandês). Musiikkituottajat Consultado em January 19, 2016.
  59. «Lescharts.com – The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg – Buttons» (em francês). Les classement single. Hung Medien. Consultado em January 19, 2016.
  60. «Archívum – Slágerlisták – MAHASZ» (em húngaro). Rádiós Top 40 játszási lista. Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége. Consultado em January 19, 2016.
  61. «Archívum – Slágerlisták – MAHASZ» (em húngaro). Dance Top 40 lista. Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége. Consultado em January 19, 2016.
  62. «The Irish Charts – Search Results – Buttons» (em inglês). Irish Singles Chart. Consultado em February 23, 2017.
  63. «Italiancharts.com – The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg – Buttons» (em inglês). Top Digital Download. Hung Medien. Consultado em January 19, 2016.
  64. «Charts.org.nz – The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg – Buttons» (em inglês). Top 40 Singles. Hung Medien. Consultado em January 19, 2016.
  65. «Nederlandse Top 40 – week 28, 2006» (em neerlandês). Dutch Top 40 Stichting Nederlandse Top 40. Consultado em January 19, 2016.
  66. «Dutchcharts.nl – The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg – Buttons» (em neerlandês). Mega Single Top 100. Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em January 19, 2016.
  67. «Top 40 Official UK Singles Archive» (em inglês). UK Singles Chart. Consultado em December 10, 2015.
  68. «Top 40 R&B Singles Archive» (em inglês). UK R&B Chart. Consultado em December 10, 2015.
  69. «ČNS IFPI» (em tcheco). Hitparáda – Radio Top 100 Oficiální. IFPI República Checa. Nota: inserir 200644 na pesquisa. Consultado em December 10, 2015.
  70. «The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg – Buttons swisscharts.com» (em inglês). Swiss Singles Chart. Hung Medien. Consultado em January 19, 2016.
  71. «Swedishcharts.com – The Pussycat Dolls feat. Snoop Dogg – Buttons» (em inglês). Singles Top 60. Hung Medien. Consultado em January 19, 2016.
  72. «Top 100 Single -Jahrescharts» (em German). GfK Entertainment Charts. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  73. «ARIA End Of Year Singles 2006 - Top 100 Australian Singles Chart». Australian Recording Industry Association. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  74. «Jahreshitparade singles 2006» (em German). Ö3 Austria Top 40. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  75. «Jaaroverzichten - 2006 Single» (em Dutch). Ultratop 50. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  76. «Rapports Annuels - 2006 Single» (em French). Ultratop 50. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  77. «Year End 2006: Hot 100 Songs». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  78. «Year End 2006: Dance Club Songs». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  79. «Year End 2006: Hot Digital Songs». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  80. «Year End 2006: Radio Songs». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  81. «Year End 2006: Rhythmic Songs». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  82. «Top Selling Singles of 2006». Recorded Music NZ. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  83. «Jaaroverzichten - Single 2006». Dutch Top 40. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  84. «End of Year Singles Chart Top 100 - 2006». Official Charts Company. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  85. «Swiss Year-End Charts 2006» (em German). Swiss Singles Chart. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  86. «Gold-/Platin-Datenbank (Pussycat Dolls; 'Buttons')» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 8 de junho de 2017 
  87. «ARIA Charts – Accreditations – 2006 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 8 de junho de 2017 
  88. «Ultratop − Goud en Platina - 2006» (em inglês). Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch. Consultado em 8 de junho de 2017 
  89. «Certificações (Brasil) (single) – Pussycat Dolls – Buttons». Associação Brasileira dos Produtores de Discos. Consultado em 8 de junho de 2017 
  90. «Certificações (Dinamarca) (single) – Pussycat Dolls – Buttons» (em dinamarquês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica (Dinamarca). Consultado em 8 de junho de 2017 
  91. «Certificações (Estados Unidos) (single) – Pussycat Dolls – Buttons» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 8 de junho de 2017  Se necessário, clique em Advanced, depois clique em Format, e seleccione Single, e clique em SEARCH.
  92. «Certificações (Nova Zelândia) (single) – Pussycat Dolls – Buttons» (em inglês). Recorded Music NZ. Consultado em 8 de junho de 2017 
  93. «Certificações (Reino Unido) (single) – Pussycat Dolls – Buttons» (em inglês). British Phonographic Industry. Consultado em 8 de junho de 2017 
  94. «Music – Buttons - Single (feat. Flo Rida) – Single by The Pussycat Dolls featuring Big Snoop Dogg». iTunes Store (Canada). Apple. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  95. «Music – Buttons - Single (feat. Flo Rida) – Single by The Pussycat Dolls featuring Big Snoop Dogg». iTunes Store (Canada). Apple. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  96. «FMQB: Radio Industry News, Music Industry Updates, Arbitron Ratings, Music News and more!». FMQB. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  97. «Music – Buttons (International Version) - (feat. Snoop Dogg) (International Version) – EP by The Pussycat Dolls». iTunes Store (United Kingdom). Apple. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  98. «Music – Buttons - Single by The Pussycat Dolls». iTunes Store (United Kingdom). Apple. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  99. «Buttons (Single); Amazon.de: Musik» (em German). Amazon.com (DE). Amazon Inc. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  100. «Buttons (3 Track); Amazon.de: Musik» (em German). Amazon.com (DE). Inc. Consultado em 27 de novembro de 2011 

Ligações externasEditar