Caldas Sport Clube

Caldas Sport Clube é um clube português localizado na cidade de Caldas da Rainha. Foi fundado no dia 15 de maio de 1916, por um grupo de caldenses composto por Eduardo José Valério, António Lopes Júnior e João dos Santos Arranha.

Caldas
Nome Caldas Sport Clube
Alcunhas Pelicanos
Fundação 15 de maio de 1916 (107 anos)
Estádio Campo da Mata
Capacidade 6000
Localização Caldas da Rainha, Portugal Portugal
Presidente Portugal Jorge Reis
Treinador(a) Portugal José Vala
Material (d)esportivo Puma
Competição Liga 3
Website Site oficial
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

Disputa atualmente a Liga 3.[1]

História editar

A sua escritura foi publicada no Diário do Governo, II Série, nº46, de 26 de Fevereiro de 1945. É filiado e fundador da Associação de Futebol de Leiria.

Iniciou a sua actividade desportiva oficial disputando os Campeonatos Distritais.

Subiu à III Divisão Nacional em 1951/52, onde foi vice-campeão.

Em 1953/54 ingressou na II Divisão Nacional e, na época seguinte, é Vice-campeão Nacional desta competição, tendo que disputar uma liguilha para subir à I Divisão Nacional.

Assim, a 26 de Junho de 1955, o Caldas Sport Clube defrontou o Boavista Futebol Clube, no Estádio Municipal de Coimbra, tendo vencido por 4-1. Ingressou assim na I Divisão Nacional, onde permaneceu quatro épocas, de 1955/56 a 1958/59.

Na época 1958/59, desceu à II Divisão Nacional e, na seguinte, à I Divisão Distrital, visto nessa altura não existir o Campeonato Nacional da III Divisão.

Após onze anos de permanência no Campeonato Distrital da I Divisão, regressa à III Divisão Nacional, sagrando-se Campeão Nacional na época 1971/72, cuja final se disputou no Estádio Municipal de Coimbra com a União Desportiva Oliveirense, tendo vencido por 3-2.

A partir desta época o clube tem pautado a sua atividade pela II Divisão Nacional, com uma ou outra descida à III Divisão Nacional, rapidamente recuperada.

Na época de 1992/93, treinado por Francisco Vital, esteve quase a subir à Divisão de Honra Nacional, perdendo no último e decisivo jogo do campeonato frente ao Académico de Viseu por 0-1 (golo de Besirovic).

Disputou o Campeonato Nacional da II Divisão B na época 2004/05, tendo descido à III Divisão Nacional.

Regressou à II Divisão na época 2007/08, fruto da brilhante prestação na época anterior onde se sagrou Campeão da Série D da III Divisão.

Em 2011/2012, regressa novamente à II Divisão Nacional (Zona Sul) após se ter sagrado Campeão da Série E da III Divisão.

O Caldas Sport Clube conta no seu Historial com mais de 250 participações em campeonatos oficiais, nas várias modalidades praticadas durante a sua existência e mais de 500 troféus conquistados.

Na época de 2017/2018 o Caldas teve uma participação histórica na Taça de Portugal, tendo chegado às meias-finais, Pelo caminho eliminou Lourinhanense, Olímpico de Montijo, Cesarense, Arouca, Académica, Farense, acabando por cair diante do Desportivo de Aves que foi o vencedor o troféu.

Na época de 2021/2022 o Caldas Sport Clube sobe e integra a novel Liga 3. No final da época assegura a manutenção e vence o Troféu Puro Futebol Ouro, que lhe permitirá usar o distintivo nas camisolas na época de 2022/2023.

Na participação na Taça de Portugal da época de 2021/2022 o jogador João "Tarzan" Rodrigues sagrou-se o melhor marcador da edição, com 7 golos.

Na época 2023/2023 o Caldas Sport Clube está pela segunda época na Liga 3 voltando a assegurar a manutenção e a passagem para a terceiro ano desta competição. O clube fica no 6º lugar (em 12) da fase regular e em 2º (de 4) na fase de manutenção.

Nesta segunda época desta competição, o Caldas repete a conquista do Prémio Puro Futebol Ouro e volta a ostentar o brasão.

O melhor marcador desta época foi Tuga que conseguiu 8 golos nas 18 partidas em que jogou. Foi seguido de Lucas Villela, que apesar de ter chegado em janeiro, conseguiu 7 golos em 12 jogos e por João Silva com 6 golos em 29 jogos.

O Caldas SC dedica-se exclusivamente à modalidade de Futebol, de um modo especial na vertente de formação, onde tem cerca de 400 jovens de todos os escalões etários.

Plantel época 2023/2024 editar

O atual plantel do Caldas Sport Clube é composto por 28 jogadores

Iniciou a época de 2022/2023 com uma média de 86,2 jogos por jogador.

Tem 1 jogador com mais de 300 jogos pelo clube, Thomas Militão.

Tem 4 com mais de 200 jogos e 6 entre os 50 e os 199 jogos a envergar a camisola alvinegra (apenas jogos pela equipa sénior).


Goleiros
N.º Jogador
1   Wilson Soares
22   Diogo Garrido
13   Afonso Botelho
Defensores
N.º Jogador Pos.
6  /  Thomas Militão Z
5   Luís Marcelino Z
30   Eduardo "Edu" Monteiro Z
14   Juvenal Oliveira LD
7   Luís Farinha LE
32   Filipe Cascão LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
8   Diogo Clemente V
2   Yordi Marcelo V
77   Leandro Borges V
4   David Santos V
55   André Simões M
10   Nuno Januário M
45   André Perre M
70   Henrique Henriques M
85   Miguel Rebelo M
5   Pedro "Pepo" Santos M
80   Rafael Roque M
Atacantes
N.º Jogador
33   João "Tarzan" Rodrigues
11   Marcelo Marquês
9   Ivo Nabais
27   Evando Barros
19   Gonçalo Chaves
16   Gonçalo Barreiras
98   Lucas Villela
21   Dani
Comissão técnica
Nome Pos.
  José Vala T
  Gonçalo Penas AS
  João Aguiar AS
  Hugo Morgado AS
  Miguel Bastos PF
  Nuno Ferreira CO
  Paulo Parente MD
  Álvaro da Fonte MA
  Rui Oliveira OU
  Carolina Neto (comunicação) OU
  Bárbara Filipa (comunicação) OU

Patrocinadores editar

Ex-Jogadores editar

Presidentes editar

  •   Jorge Reis (atual)
  •   Carlos Vasques
  •   Vítor Marques
  •   António Ferreira

Fotos editar

 
Troféu Puro Futebol Ouro

Troféu conquistado nos dois primeiros anos da Liga 3 (2021-2022 / 2022-2023)

Histórico editar

Nº Presenças Títulos
Temporadas na 1ª 4
Temporadas na 2ª 0
Temporadas Liga 3 3 2 Puro Futebol Ouro
Temporadas na 2ªB 43
Temporadas na 3ª 13 1 Campeão 1971/72
Taça de Portugal 0 1/2 Final - 2018
Taça da Liga 0

Faça-se Sócio editar

O Caldas Sport Clube precisa de todos e, por isso, criou uma forma fácil para que todos se possam fazer sócios

Basta clicar aqui

Links editar

Referências

   Este artigo sobre clubes de futebol portugueses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.