Camillo Agrippa

Camillo Agrippa (Milão, antes de 15351 de janeiro de 1600) foi um arquiteto, engenheiro e matemático do Renascimento.

Camillo Agrippa
Nascimento século XVI
Milão
Morte 1595
Roma
Ocupação matemático, arquiteto, engenheiro, esgrimista

Natural de Milão, foi de acordo com sua própria declaração para Roma em 1535. Naquela época, Antonio Cordiani e Michelangelo procuravam um meio de transportar o obelisco (atualmente instalado na Praça de São Pedro). Agripa havia pensado nisso por mais de trinta anos e publicou um tratado em 1583 com sua solução proposta.

Em 1553, publicou seu livro de esgrima Trattato di scientia d'arme, con un dialogo di filosofia.[1] Depois de o foco do estilo de luta anteriormente estava no golpe, ele se concentrou na manobra. A partir dessa nova técnica, a rapieira se desenvolveu e, já em 1560 Michel de Montaigne percebeu que a Itália era a academia de esgrima da Europa. O escrito foi reimpresso em Veneza em 1568 e 1604.

Em 1574 o Papa Gregório XIII propôs a arquitetos e engenheiros apresentarem propostas para o transporte e erguimento do obelisco na Praça de São Pedro. Este foi erguido em 1586 por Domenico Fontana.

Entre 1553 e 1595 publicou seis escritos.

ObrasEditar

 
Nuove inventioni sopra il modo di navigare, 1595
  • Trattato di Camillo Agrippa Milanese di trasportar la guglia in su la piazza di San Pietro; Rom, Francesco Zanetti, 1583
  • Dialogo di Camillo Agrippa sopra la generatione de venti, baleni, tuoni, fulgori, fiumi, laghi, valli, et montagne; Rom, 1584 (Volltext auf Wikisource)
  • Nvove inventioni di Camillo Agrippa Milanese sopra il modo di navigare, Rom 1595

BibliografiaEditar

Referências

Ligações externasEditar