Abrir menu principal

Campeonato Mundial de Handebol Masculino de 2017

Campeonato Mundial de Handebol Masculino de 2017
Handebol Handball pictogram.svg
Informações gerais
País-sede  França
Sítio eletrônico francehandball2017.com
Período 11 de janeiro29 de janeiro
Participantes 24 (de 4 confederações)
Premiações
Campeão Bandeira da França França (6º título)
Vice-campeão Bandeira da Noruega Noruega
MVP Nikola Karabatić
Estatísticas
Artilheiro(a) Macedónia do Norte Kiril Lazarov
Número de jogos 84
Gols marcados 4643 (55.27 por partida)
◄◄ Catar 2015 Catar Handball.svg DinamarcaAlemanha Dinamarca/Alemanha 2019 ►►

O Campeonato Mundial de Andebol (português europeu) ou Handebol (português brasileiro) Masculino de 2017 foi a 25ª edição do evento promovido pela Federação Internacional de Handebol, que aconteceu na França entre 11 e 29 de janeiro de 2017.[1]

A equipe da casa obteve êxito ao defender o título mundial. Na final, a França bateu a Noruega por 33–26 e tornou-se a primeira seleção do mundo a conquistar o sexto título.[2] A seleção da Eslovênia ganhou da Croácia por 31–30 no jogo do terceiro lugar e ficou com a medalha de bronze. Estas foram as primeiras medalhas conquistadas por Noruega e Eslovênia em Campeonatos Mundiais de Handebol Masculino.[3]

SedesEditar

O campeonato foi disputado em oito locais de Paris, Rouen, Nantes, Metz, Albertville, Montpellier, Lille, e Brest.[4] Todo os ginásios possuem capacidade para receber eventos de handebol.[5]

Lille Paris Nantes
Stade Pierre-Mauroy AccorHotels Arena Exponantes – Hall XXL
Capacidade: 27.500 Capacidade: 15.700 Capacidade: 10,800
   
Montpellier
Park&Suites Arena
Capacidade: 9.853
 
Albertville
La halle de glace Olympique
Capacidade: 6.500
 
Rouen Metz Brest
Kindarena Arènes de Metz Brest Arena
Capacidade: 5.700 Capacidade: 5.127 Capacidade: 4,000
     

CandidaturasEditar

A Dinamarca e a França foram os únicos países a lançarem candidaturas para sediar o evento. O Conselho da IHF atribuiu as sedes dos Campeonatos Masculino e Feminino de 2017 na mesma reunião, ocorrida em São Paulo, Brasil, na quinta-feira, 15 de dezembro de 2011.[6]

A Dinamarca foi um país co-anfitrião do evento em 1999 e sede em 1978, o país também foi sede do Campeonato Europeu Feminino por duas vezes e uma do masculino.

A França sediou o Campeonato Mundial em 1970 e também em 2001 e foi anfitriã do Campeonato Mundial Feminino de 2007.

QualificaçãoEditar

Vinte e quatro equipas participaram na fase final do torneio. A França, como anfitriã, qualificou-se automaticamente. A vaga do último campeão do mundo, a própria França, foi dada ao segundo melhor colocado, o Qatar. Restaram 22 vagas disponíveis para as melhores equipas de cada torneio de qualificação continental, os vencedores de uma etapa adicional de qualificação Europeia e um torneio intercontinental de qualificação.[7]

Evento Época
Vagas Qualificados
Sede
15 de Dezembro de 2011 1   França
Campeonato Mundial de Handebol Masculino de 2015 15 de Janeiro1 de Fevereiro de 2015 1   Catar
Campeonato Asiático de Handebol Masculino de 2016 15–28 de Janeiro de 2016 3   Bahrein
  Japão
  Arábia Saudita
Campeonato Africano de Handebol Masculino de 2016 21–30 de Janeiro de 2016 3   Angola
  Egito
  Tunísia
Campeonato Europeu de Handebol Masculino de 2016 15–31 de Janeiro de 2016 3   Croácia
  Alemanha
  Espanha
Qualificatória europeia
4 de Novembro de 2015 – 16 de Junho de 2016 9   Bielorrússia
  Dinamarca
  Hungria
  Islândia
  Macedônia
  Polônia
  Rússia
  Eslovênia
  Suécia
Campeonato Pan-Americano de Handebol Masculino de 2016 11–19 de Junho de 2016 3   Argentina
  Brasil
  Chile
Wildcard 1   Noruega[8]

Equipas qualificadasEditar

País
Qualificado como
Qualificado em
Participações prévias1, 2
  França Sede
15 de Dezembro de 2011 20 (1954, 1958 ,1961, 1964, 1967, 1970, 1978, 1990, 1993, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015)
  Catar Vice-campeão do mundo 30 de Janeiro de 2015 5 (2003, 2005, 2007, 2013, 2015)
  Bahrein Semi-finalista do Campeonato Asiático 24 de Janeiro de 2016 1 (2011)
  Japão Semi-finalista do Campeonato Asiático 24 de Janeiro de 2016 12 (1961, 1964, 1967, 1970, 1974, 1978, 1982, 1990, 1995, 1997, 2005, 2011)
  Arábia Saudita Semi-finalista do Campeonato Asiático 24 de Janeiro de 2016 7 (1997, 1999, 2001, 2003, 2009, 2013, 2015)
  Egito Finalista do Campeonato Africano 29 de Janeiro de 2016 13 (1964, 1993, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015)
  Alemanha Finalista do Campeonato Europeu 29 de Janeiro de 2016 22 (1938, 1954, 1958, 1961, 1964, 1967, 1970, 1974, 1978, 1982, 1986, 1993, 1995, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015)
  Espanha Finalista do Campeonato Europeu 29 de Janeiro de 2016 18 (1958, 1974, 1978, 1982, 1986, 1990, 1993, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015)
  Tunísia Finalista do Campeonato Africano 29 de Janeiro de 2016 12 (1967, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015)
  Angola Terceiro lugar no Campeonato Africano 30 de Janeiro de 2016 2 (2005, 2007)
  Croácia Terceiro lugar no Campeonato Europeu 31 de Janeiro de 2016 11 (1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015)
  Bielorrússia Playoffs europeus
15 de Junho de 2016 3 (1995, 2013, 2015)
  Dinamarca Playoffs europeus 15 de Junho de 2016 21 (1938, 1954, 1958, 1961, 1964, 1967, 1970, 1974, 1978, 1982, 1986, 1993, 1995, 1999, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015)
  Hungria Playoffs europeus 15 de Junho de 2016 18 (1958, 1964, 1967, 1970, 1974, 1978, 1982, 1986, 1990, 1993, 1995, 1997, 1999, 2003, 2007, 2009, 2011, 2013)
  Macedônia Playoffs europeus 15 de Junho de 2016 4 (1999, 2009, 2013, 2015)
  Polônia Playoffs europeus 15 de Junho de 2016 14 (1958, 1967, 1970, 1974, 1978, 1982, 1986, 1990, 2003, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015)
  Rússia Playoffs europeus 15 de Junho de 2016 11 (1993, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2013. 2015)
  Eslovênia Playoffs europeus 15 de Junho de 2016 7 (1995, 2001, 2003, 2005, 2007, 2013, 2015)
  Suécia Playoffs europeus 15 de Junho de 2016 22 (1938, 1954, 1958, 1961, 1964, 1967, 1970, 1974, 1978, 1982, 1986, 1990, 1993, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2005, 2009, 2011, 2015)
  Islândia Playoffs europeus 16 de Junho de 2016 18 (1958, 1961, 1964, 1970, 1974, 1978, 1986, 1990, 1993, 1995, 1997, 2001, 2003, 2005, 2007, 2011, 2013, 2015)
  Brasil Finalista do Campeonato Pan-Americano de 2016 18 de Junho de 2016 12 (1958, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015)
  Chile Finalista do Campeonato Pan-Americano de 2016 18 de Junho de 2016 3 (2011, 2013, 2015)
  Argentina Terceiro lugar no Campeonato Pan-Americano de 2016 19 de Junho de 2016 10 (1997, 1999, 2001, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015)
  Noruega Wildcard 21 de Junho de 2016 13 (1958, 1961, 1964, 1967, 1970, 1993, 1997, 1999, 2001, 2005, 2007, 2009, 2011)
1 em Negrito indica que o campeão daquele ano
2 Itálico indica o país de acolhimento para aquele ano

ProgramaçãoEditar

A programação oficial foi anunciada em 23 de setembro de 2015.[9]

SorteioEditar

O sorteio foi realizado no dia 23 de junho de 2016, às 14:00 em Paris, França.[10][11]

PropagaçãoEditar

Pote 1 Pote 2 Pote 3 Pote 4 Pote 5 Pote 6
  França
  Alemanha
  Catar
  Espanha
  Croácia
  Eslovênia
  Dinamarca
  Polônia
  Suécia
  Rússia
  Bielorrússia
  Macedônia
  Hungria
  Islândia
  Brasil
  Egito
  Tunísia
  Chile
  Bahrein
  Japão
  Argentina
  Angola
  Arábia Saudita
  Noruega

Formato de disputaEditar

Na primeira fase as 24 equipes foram distribuídas em quatro grupos contendo seis seleções cada. Após se enfrentarem entre si dentro de seus grupos em turno único as quatro melhores equipes de cada grupo se classificam para a fase eliminatória da competição, a qual é composta pelas oitavas-de-final, quartas-de-final, semifinais e final. A equipe vencedora desta fase será declarada campeã mundial de handebol.

As equipes que forem eliminadas na primeira fase da competição irão disputar um torneio de consolação (President's Cup), que definirá as equipes que ocuparão do 17º ao 24º lugar no campeonato. Todas as equipes que terminarem na quinta colocação dentro de seus grupos irão disputar uma fase semifinal, da qual os vencedores disputarão a 17ª colocação e os perdedores a 19ª colocação. De modo análogo, os sextos colocados de cada grupo decidirão a 21ª e a 23ª colocação.

Os critérios de desempate na primeira fase para equipes empatadas em número de pontos na classificação são, na seguinte ordem:

  1. número de pontos obtidos nas partidas entre as equipes em questão;
  2. saldo de golos nas partidas entre as equipes em questão;
  3. golos marcados nas partidas entre os times em questão (se mais de dois times empatarem em número de pontos);
  4. saldo de golos em todas as partidas no grupo;
  5. número de golos marcados em todas as partidas no grupo;
  6. sorteio.

Primeira faseEditar

Equipes classificadas para as oitavas-de-final
Equipes disputam os jogos de classificação

Todas as partidas seguem o fuso horário de Doha (UTC+3).

Grupo AEditar

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   França 10 5 5 0 0 152 112 +40
2   Noruega 8 5 4 0 1 155 124 +31
3   Rússia 6 5 3 0 2 139 136 +3
4   Brasil 4 5 2 0 3 121 146 −25
5   Polônia 2 5 1 0 4 115 125 −10
6   Japão 0 5 0 0 5 120 161 −41
11 de Janeiro de 2017
20:45
França   31–16   Brasil AccorHotels Arena, Paris
Público: 15.609
Árbitros:   Lah, Sok
Porte 6 (17–7) Toledo 5
  2×  Relatório  3× 

12 de Janeiro de 2017
17:45
Rússia   39–29   Japão Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 4.867
Árbitros:   Kolahdouzan, Mousaviannazhad
três jogadores 6 (18–15) Shida 7
  2×  Relatório  3× 
12 de Janeiro de 2017
20:45
  Polônia 20–22   Noruega Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 5.356
Árbitros:   Brunner, Salah
Daszek 7 (10–12) Lie Hansen 6
  2×  Relatório  4× 

13 de Janeiro de 2017
17:45
Japão   19–31   França Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 10.500
Árbitros:   Brunner, Salah
Uegaki 5 (9–17) Fabregas 7
  2×  Relatório  3× 

14 de Janeiro de 2017
14:45
Brasil   28–24   Polônia Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 10.171
Árbitros:   Horáček, Novotný
Toledo 8 (16–11) Paczkowski 6
  Relatório
14 de Janeiro de 2017
17:45
Noruega   28–24   Rússia Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 9.812
Árbitros:   Gjeding, Hansen
Bjørnsen 7 (15–11) Soroka 8
  2×  Relatório  3× 

15 de Janeiro de 2017
17:45
França   31–28   Noruega Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 10.500
Árbitros:   Kolahdouzan, Mousaviannazhad
três jogadores 5 (16–12) Sagosen 7
  3×  1×  Relatório  3×  1× 
15 de Janeiro de 2017
20:45
Brasil   27–24   Japão Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 8.326
Árbitros:   Gjeding, Hansen
Langaro 8 (14–12) Tokuda 7
  1×  Relatório  3× 

16 de Janeiro de 2017
20:45
  Polônia 20–24   Rússia Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 4.961
Árbitros:   Horáček, Novotný
T. Gębala 4 (9–13) Kovalyov 7
  2×  1×  Relatório  1× 

17 de Janeiro de 2017
14:00
Noruega   39–26   Brasil Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 5.943
Árbitros:   Horáček, Novotný
Sagosen 7 (18–13) Chiuffa, Pozzer 6
  2×  Relatório  1× 
17 de Janeiro de 2017
17:45
  Polônia 26–25   Japão Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 8.655
Árbitros:   Brunner, Salah
Daszek 5 (9–11) Shida 9
  3×  Relatório  2× 
17 de Janeiro de 2017
20:45
Rússia   24–35   França Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 10.500
Árbitros:   Gjeding, Hansen
Shishkaryov 6 (11–16) Dipanda 8
  1×  Relatório  2× 

19 de Janeiro de 2017
14:00
Rússia   28–24   Brasil Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 5.197
Árbitros:   Gjeding, Hansen
Dereven, Shelmenko 5 (14–15) três jogadores 5
  2×  1×  Relatório  1× 
19 de Janeiro de 2017
17:45
França   26–25   Polônia Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 10.500
Árbitros:   Brunner, Salah
Nyokas 7 (13–13) T. Gębala, Krajewski 5
  2×  Relatório  2× 
19 de Janeiro de 2017
20:45
Japão   23–38   Noruega Exponantes – Hall XXL, Nantes
Público: 3.621
Árbitros:   Horáček, Novotný
Motoki 4 (14–19) Myrhol 7
  Relatório

Grupo BEditar

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   Espanha 10 5 5 0 0 160 115 +45
2   Eslovênia 7 5 3 1 1 151 136 +15
3   Macedônia 5 5 2 1 2 139 137 +2
4   Islândia 4 5 1 2 2 128 121 +7
5   Tunísia 4 5 1 2 2 144 144 0
6   Angola 0 5 0 0 5 122 191 −69
12 de Janeiro de 2017
14:00
Eslovênia   42–25   Angola Arenes de Metz, Metz
Público: 2.179
Árbitros:   Grillo, Lenci
Mačkovšek, Marguč 8 (22–13) Lopes 7
  3×  Relatório  1× 
12 de Janeiro de 2017
17:45
Macedônia   34–30   Tunísia Arenes de Metz, Metz
Público: 2.561
Árbitros:   Koo, Lee
K. Lazarov 12 (13–14) Boughanmi 9
  4×  Relatório  3× 
12 de Janeiro de 2017
20:45
Espanha   27–21   Islândia Arenes de Metz, Metz
Público: 5.054
Árbitros:   Gatelis, Mažeika
Balaguer, Cañellas 4 (10–12) Sigurðsson 5
  3×  Relatório  4× 

14 de Janeiro de 2017
14:45
Islândia   25–26   Eslovênia Arenes de Metz, Metz
Público: 5.054
Árbitros:   Koo, Lee
Elísson 7 (8–11) Bezjak 6
  3×  Relatório  4× 
14 de Janeiro de 2017
17:45
Tunísia   21–26   Espanha Arenes de Metz, Metz
Público: 5.056
Árbitros:   Geipel, Helbig
Toumi 5 (10–12) Balaguer, Tomás 5
  3×  Relatório  2× 
14 de Janeiro de 2017
20:45
Angola   22–31   Macedônia Arenes de Metz, Metz
Público: 3.845
Árbitros:   Gatelis, Mažeika
Lopes 5 (9–14) K. Lazarov 10
  2×  Relatório  3× 

15 de Janeiro de 2017
14:45
Islândia   22–22   Tunísia Arenes de Metz, Metz
Público: 5.054
Árbitros:   Grillo, Lenci
Sigurðsson 5 (11–13) Bannour 12
  2×  1×  Relatório  3× 

16 de Janeiro de 2017
17:45
Eslovênia   29–22   Macedônia Arenes de Metz, Metz
Público: 2.605
Árbitros:   Geipel, Helbig
Bezjak, Marguč 4 (16–10) K. Lazarov 9
  2×  Relatório  2× 
16 de Janeiro de 2017
20:45
Espanha   42–22   Angola Arenes de Metz, Metz
Público: 2.126
Árbitros:   Grillo, Lenci
Fernández 9 (21–10) Lopes 6
  2×  Relatório  2×  1× 

17 de Janeiro de 2017
17:45
Eslovênia   28–28   Tunísia Arenes de Metz, Metz
Público: 3.039
Árbitros:   Gatelis, Mažeika
Kavtičnik 7 (15–13) Sanaï 8
  3×  Relatório  3×  1× 
17 de Janeiro de 2017
20:45
Angola   19–33   Islândia Arenes de Metz, Metz
Público: 1.725
Árbitros:   Geipel, Helbig
Lopes 8 (8–16) Sigurðsson 8
  3×  Relatório  2× 

18 de Janeiro de 2017
20:45
Macedônia   25–29   Espanha Arenes de Metz, Metz
Público: 3.951
Árbitros:   Gatelis, Mažeika
K. Lazarov 6 (14–14) Rivera Folch 11
  4×  Relatório  2× 

19 de Janeiro de 2017
14:00
Tunísia   43–34   Angola Arenes de Metz, Metz
Público: 1.935
Árbitros:   Koo, Lee
Bannour 10 (23–16) Teca 10
  2×  Relatório  3×  1× 
19 de Janeiro de 2017
17:45
Macedônia   27–27   Islândia Arenes de Metz, Metz
Público: 3.225
Árbitros:   Grillo, Lenci
K. Lazarov 7 (13–15) Kárason 7
  3×  Relatório  3× 
19 de Janeiro de 2017
20:45
Espanha   36–26   Eslovênia Arenes de Metz, Metz
Público: 5.054
Árbitros:   Geipel, Helbig
Balaguer 7 (18–10) Marguč 6
  1×  Relatório  3× 

Grupo CEditar

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   Alemanha 10 5 5 0 0 159 107 +52
2   Croácia 8 5 4 0 1 148 126 +22
3   Bielorrússia 4 5 2 0 3 134 145 −11
4   Hungria 4 5 2 0 3 147 138 +9
5   Arábia Saudita 2 5 1 0 4 123 157 −34
6   Chile 2 5 1 0 4 122 160 −38
13 de Janeiro de 2017
14:00
Bielorrússia   28–32   Chile Kindarena, Rouen
Público: 2.000
Árbitros:   Bonaventura, Bonaventura
Karalek 10 (14–14) R. Salinas 8
  3×  Relatório  3× 
13 de Janeiro de 2017
17:45
Alemanha   27–23   Hungria Kindarena, Rouen
Público: 5.000
Árbitros:   Nachevski, Nikolov
Gensheimer 13 (16–11) seis jogadores 3
  2×  Relatório  3×  1× 
13 de Janeiro de 2017
20:45
Croácia   28–23   Arábia Saudita Kindarena, Rouen
Público: 4.500
Árbitros:   Boualloucha, Khenissi
Cindrić 6 (12–11) Al-Salem 5
  3×  Relatório  3× 

14 de Janeiro de 2017
20:45
Hungria   28–31   Croácia Kindarena, Rouen
Público: 5.588
Árbitros:   Līcis, Sondors
Balogh, Harsányi 6 (11–11) Štrlek 6
  3×  Relatório  3× 

15 de Janeiro de 2017
14:45
Chile   14–35   Alemanha Kindarena, Rouen
Público: 5.000
Árbitros:   Līcis, Sondors
quatro jogadores 2 (6–17) Kohlbacher 8
  3×  Relatório  3× 
15 de Janeiro de 2017
20:45
Arábia Saudita   26–29   Bielorrússia Kindarena, Rouen
Público: 3.000
Árbitros:   Nachevski, Nikolov
Al-Salem 7 (13–14) Pukhouski 9
  3×  Relatório  3× 

16 de Janeiro de 2017
17:45
Hungria   34–29   Chile Kindarena, Rouen
Público: 2.000
Árbitros:   Boualloucha, Khenissi
Jamali 7 (17–14) Er. Feuchtmann 9
  4×  1×  Relatório  3× 
16 de Janeiro de 2017
20:45
Croácia   31–25   Bielorrússia Kindarena, Rouen
Público: 3.202
Árbitros:   Bonaventura, Bonaventura
Cindrić 8 (18–15) Karalek 7
  4×  1×  Relatório  4× 

17 de Janeiro de 2017
17:45
Alemanha   38–24   Arábia Saudita Kindarena, Rouen
Público: 2.980
Árbitros:   Nachevski, Nikolov
Fäth 6 (21–13) Al-Zaer 8
  3×  Relatório  3× 

18 de Janeiro de 2017
14:00
Arábia Saudita   24–37   Hungria Kindarena, Rouen
Público: 4.959
Árbitros:   Līcis, Sondors
Al-Mohsin 7 (10–17) Császár 9
  2×  Relatório  2× 
18 de Janeiro de 2017
17:45
Bielorrússia   25–31   Alemanha Kindarena, Rouen
Público: 4.524
Árbitros:   Boualloucha, Khenissi
três jogadores 4 (16–16) Gensheimer 8
  3×  Relatório  3× 
18 de Janeiro de 2017
20:45
Croácia   37–22   Chile Kindarena, Rouen
Público: 2.785
Árbitros:   Bonaventura, Bonaventura
Mihić 8 (17–9) Er. Feuchtmann, E. Salinas 4
  3×  Relatório  2× 

20 de Janeiro de 2017
14:00
Chile   25–26   Arábia Saudita Kindarena, Rouen
Público: 2.366
Árbitros:   Pavićević, Ražnatović
R. Salinas 7 (13–13) A. Al-Abbas 9
  3×  Relatório  3× 
20 de Janeiro de 2017
17:45
Alemanha   28–21   Croácia Kindarena, Rouen
Público: 5.000
Árbitros:   Līcis, Sondors
Wiencek 6 (13–9) Stepančić, Štrlek 5
  3×  Relatório  2× 
20 de Janeiro de 2017
20:45
Bielorrússia   27–25   Hungria Kindarena, Rouen
Público: 3.761
Árbitros:   Nachevski, Nikolov
Brouka, Pukhouski 6 (15–13) Császár, Juhász 7
  3×  Relatório  4× 

Grupo DEditar

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   Dinamarca 10 5 5 0 0 157 130 +27
2   Suécia 8 5 4 0 1 162 111 +51
3   Egito 6 5 3 0 2 138 143 −5
4   Catar 4 5 2 0 3 127 129 −2
5   Argentina 2 5 1 0 4 108 137 −29
6   Bahrein 0 5 0 0 5 110 152 −42
13 de Janeiro de 2017
14:00
Catar   20–22   Egito AccorHotels Arena, Paris
Público: 4.315
Árbitros:   López, Ramírez
Capote 5 (8–11) El-Ahmar 8
  2×  Relatório  1× 
13 de Janeiro de 2017
17:45
Suécia   33–16   Bahrein AccorHotels Arena, Paris
Público: 6.579
Árbitros:   Reveret, Pichon
Tollbring 10 (17–5) Habib Hasan 4
  2×  Relatório  2× 
13 de Janeiro de 2017
20:45
Dinamarca   33–22   Argentina AccorHotels Arena, Paris
Público: 7.582
Árbitros:   Pavićević, Ražnatović
Hansen 6 (17–11) F. Fernández 6
  2×  Relatório  2× 

14 de Janeiro de 2017
20:45
Egito   28–35   Dinamarca AccorHotels Arena, Paris
Público: 7.413
Árbitros:   Lah, Sok
El-Deraa 6 (15–21) Svan 6
  2×  1×  Relatório  2× 

15 de Janeiro de 2017
14:45
Argentina   17–35   Suécia AccorHotels Arena, Paris
Público: 12.578
Árbitros:   Lah, Sok
S. Simonet 5 (11–16) Zachrisson 8
  2×  Relatório  3×  2× 
15 de Janeiro de 2017
17:45
Bahrein   22–32   Catar AccorHotels Arena, Paris
Público: 4.475
Árbitros:   Pavićević, Ražnatović
Abdulqader 5 (9–19) Madadi 8
  4×  Relatório  2× 

16 de Janeiro de 2017
17:45
Egito   31–29   Bahrein AccorHotels Arena, Paris
Público: 4.429
Árbitros:   Reveret, Pichon
El-Deraa 6 (17–15) Saad 6
  Relatório  2×  1× 
16 de Janeiro de 2017
20:45
Dinamarca   27–25   Suécia AccorHotels Arena, Paris
Público: 13.850
Árbitros:   López, Ramírez
Hansen 8 (14–10) Ekberg 7
  3×  Relatório  3× 

17 de Janeiro de 2017
17:45
Catar   21–17   Argentina AccorHotels Arena, Paris
Público: 3.641
Árbitros:   Lah, Sok
Mallash 5 (9–2) F. Fernández 7
  3×  Relatório  1× 

18 de Janeiro de 2017
14:00
Argentina   26–31   Egito AccorHotels Arena, Paris
Público: 7.233
Árbitros:   López, Ramírez
Vieyra 12 (10–13) três jogadores 5
  2×  Relatório  3× 
18 de Janeiro de 2017
17:45
Dinamarca   30–26   Bahrein AccorHotels Arena, Paris
Público: 7.900
Árbitros:   Lah, Sok
H. Toft Hansen 6 (17–13) Habib, Mahfoodh 6
  2×  1×  Relatório  2× 
18 de Janeiro de 2017
20:45
Suécia   36–25   Catar AccorHotels Arena, Paris
Público: 6.034
Árbitros:   Reveret, Pichon
Ekberg 9 (19–12) Roiné 8
  1×  Relatório  1× 

20 de Janeiro de 2017
14:00
Bahrein   17–26   Argentina AccorHotels Arena, Paris
Público: 6.314
Árbitros:   Reveret, Pichon
Abdulqader 5 (8–13) F. Fernández 8
  2×  Relatório  1× 
20 de Janeiro de 2017
17:45
Suécia   33–26   Egito AccorHotels Arena, Paris
Público: 7.660
Árbitros:   Lah, Sok
Ekberg 8 (15–9) Issa 7
  1×  Relatório  3× 
20 de Janeiro de 2017
20:45
Catar   29–32   Dinamarca AccorHotels Arena, Paris
Público: 8.444
Árbitros:   López, Ramírez
Capote, Benali 5 (16–14) Nøddesbo 8
  2×  Relatório  4× 

ChaveamentoEditar

Oitavas-de-final   Quartas-de-final   Semi-finais   Final
D2     França 31  
B4    Islândia 25     A1    França 33  
C3    Bielorrússia 22     D2     Suécia 30  
D2     Suécia 41       A1     França 31  
A3    Rússia 26       B2    Eslovênia 25  
B2     Eslovênia 32     B2     Eslovênia 32
C1    Alemanha 20     D4    Catar 30  
D4     Catar 21       A1     França 33
A4    Brasil 27       A2    Noruega 26
B1     Espanha 28     B1    Espanha 29  
C2     Croácia 21     C2     Croácia 30  
D3    Egito 19       C2    Croácia 25
A2     Noruega 34       A2     Noruega (Pror.) 28  
B3    Macedônia 24     A2    Noruega 31 Terceiro lugar
C4     Hungria 27     C4    Hungria 28   B2     Eslovênia 31
D1    Dinamarca 25   C2    Croácia 30

ReferênciasEditar

Ligações externasEditar