Abrir menu principal
   |- style="font-size: 85%;"
       |Erro::  valor não especificado para "nome_comum"


Canato de Xaqui
Safavid Flag.svg
1743 – 1819 Flag of Russia.svg
 
Coat of Arms of Yelizavetpol Governorate.png

Bandeira de {{{nome_comum}}}

Bandeira

Continente Europa
Região Cáucaso
Capital Xaqui
Língua oficial Azeri
Persa
Governo Monarquia
 • 1743-1755 Haji Chalabi Cã
História
 • 1743 Fundação
 • 1819 Anexação pelo Império Russo

Canato de Xaqui ou Canato de Xequi (Azeri: Şəki xanlığı) foi um canato Caucasiano fundado no Império Afexárida, no território do moderno Azerbaijão, que existiu entre 1743 e 1819 com a sua capital na cidade de Xaqui.[1]

HistóriaEditar

O canato foi fundado em 1743 como o resultado de uma revolta liderada por Haji Chalabi Cã contra o Império Safávida.[2] Foi considerado um dos estados feudais mais fortes do Cáucaso. A capital do Canato de Xaqui, a cidade mais populosa do estado, foi destruída pelas enchentes em 1772, consequentemente sendo levada a suburbanização e repovoamento do lado do país. Os Cãs de Xaqui começaram a receber assistência militar da Rússia a partir do final do século XVII devido as crescentes tensões com os cajares. Já que Aga Maomé Cã re-estabeleceu a soberania persa de todas as antigas dependências Safávidas e Afexáridas no Cáucaso na época da reconquista de Geórgia, então o território do canato foi adicionado da mesma forma. Em 1805, Mustafá Salim Cã assinou um tratado com Alexandre I fazendo do Canato de Xaqui um estado vassalo que só foi confirmado no Tratado de Gulistão em 1813. Em 1819, o Canato de Xaqui foi oficialmente abolido e transformado em uma província russa subordinada à administração militar russa. Em 1840, ele foi renomeado como Xaqui Uiezede da Oblast Caucasiana. Em 1846, a província foi incorporada na província de Shemakha, em 1859 no Baku e em 1868 na província de Elisabethpol.[2][3] Depois do estabelecimento da República Democrática do Azerbaijão em Maio de 1918, Xaqui foi parte da província de Ganja e com o estabelecimento da República Socialista Soviética do Azerbaijão, Xaqui foi incorporado a ela em 5 de Maio de 1920.[3][4]

ReferênciasEditar

  1. Swietochowski, Tadeusz (7 de junho de 2004). Russian Azerbaijan, 1905-1920: The Shaping of a National Identity in a Muslim Community. [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 9780521522458 
  2. a b «Grande enciclopédia Soviética» 
  3. a b «Xəbərlər - ŞƏKİ ŞƏHƏR Icra Hakimiyyəti». sheki-ih.gov.az. Consultado em 27 de novembro de 2015 
  4. McLachlan, Keith Stanley (1 de janeiro de 1994). The Boundaries of modern Iran. [S.l.]: UCL Press. ISBN 9781857281255