Abrir menu principal

Candido Botelho Bracher (São Paulo, 5 de dezembro de 1958) é um banqueiro Brasileiro, atual presidente do Banco Itaú Unibanco. É formado em administração de empresas pela FGV. De família aristocrática, é filho de Fernão Bracher e neto do conde de Pinhal, Antônio Carlos de Arruda Botelho, herdeiro de duas sesmarias.

CarreiraEditar

Candido é conhecido principalmente por seu trabalho à frente do BBA, banco de atacado que nasceu em 1988, em São Paulo. Foi fundado por Fernão Bracher, seu pai, e Antônio Beltran Martinez, em parceria com o Creditanstalt, na época o maior banco da Áustria. O “BB” vem de Bracher e Beltran. O “A” seria de Arida, o economista Pérsio Arida, que acabou desistindo da empreitada. Convidado a fazer parte da instituição financeira, Candido largou o emprego no Banco Itamarati para ajudar a criar o BBA. Em seu histórico profissional já carregava cargos como diretor da Bahia Corretora e gerente do Banco da Bahia Investimentos, além de vice-­presidente do Banco de Desenvolvimento do Estado de São Paulo (Badesp). Em dezembro de 2002, foi anunciada a fusão entre Itaú e BBA, dando origem ao maior banco de atacado do Brasil: o Itaú BBA.[1][2][3]

Candido Bracher
 
Candido Bracher

Presidente do Itaú Unibanco
Presidente do Itaú Unibanco
Antecessor Roberto Setúbal
Dados pessoais
Nome completo Candido Botelho Bracher
Nascimento 05 de dezembro de 1958 (60 anos)
São Paulo
Nacionalidade brasileiro
Esposa Teresa Bracher (presente)
Filhos 3
Ocupação Banqueiro

Foi nomeado presidente do Banco Itaú em 9 de novembro de 2016, substituindo Roberto Setubal.[4]

PessoalEditar

Casado e pai de três filhos, Candido é conhecido no mercado por ser um profissional sereno e franco, daqueles que sabem

ser duros sem perder a classe. Seu pai, antes de fundar o BBA, foi presidente do Banco Central e vice-presidente do Bradesco.

Candido passou a infância em São Paulo, estudou no Colégio Santa Cruz. Entre seus hobbies estão o esqui – ele costuma ir a Aspen – e uma paixão pela poesia.[1]

Referências

  1. a b «Candido Bracher entra em campo no Itaú». epocanegocios.globo.com 
  2. «O sucessor de Setubal - ISTOÉ DINHEIRO». ISTOÉ DINHEIRO. 11 de novembro de 2016 
  3. «Candido Botelho Bracher: Executive Profile & Biography - Bloomberg». www.bloomberg.com. Consultado em 24 de outubro de 2017 
  4. «Candido Bracher substitui Setubal e assume comando do Itaú Unibanco». Folha de S.Paulo