Carl Christian Hall

Carl Christian Hall
Presidente do Conselho da Dinamarca Dinamarca
Período 24 de fevereiro de 1860
a 31 de dezembro de 1863
Monarcas Frederico VII (1860–63)
Cristiano IX (1863)
Antecessor Carl Edvard Rotwitt
Sucessor Ditlev Gothard Monrad
Período 13 de maio de 1857
a 2 de dezembro de 1859
Monarca Frederico VII
Antecessor Carl Georg Andræ
Sucessor Carl Edvard Rotwitt
Ministro da Cultura
Período 28 de maio de 1870
a 14 de julho de 1874
Presidente do Conselho Ludvig Holstein-Holsteinborg
Antecessor Emil Rosenørn
Sucessor Jens Jacob Asmussen Worsaae
Período 12 de dezembro de 1854
a 6 de maio de 1859
Presidentes do Conselho Peter Georg Bang (1854–56)
Carl Georg Andræ (1856–57)
Ele mesmo (1857–59)
Antecessor Anders Sandøe Ørsted
Sucessor Ditlev Gothard Monrad
Ministro do Exterior
Período 24 de fevereiro de 1860
a 31 de dezembro de 1863
Presidente do Conselho Ele mesmo
Antecessor Carl Blixen-Finecke
Sucessor Ditlev Gothard Monrad
Período 10 de julho de 1858
a 2 de dezembro de 1859
Presidente do Conselho Ele mesmo
Antecessor Wilhelm Michelsen
Sucessor Carl Blixen-Finecke
Dados pessoais
Nascimento 25 de fevereiro de 1812
Copenhague,  Dinamarca
Morte 14 de agosto de 1888 (76 anos)
Copenhague,  Dinamarca
Progenitores Mãe: Anna Helene Lykke
Pai: Mads Hall
Alma mater Universidade de Copenhague
Esposa Augusta Marie Brøndsted
Partido Nacional Liberal

Carl Christian Hall (Copenhague, 25 de fevereiro de 1812 – Copenhague, 14 de agosto de 1888) foi um político da Dinamarca, cuja política levou o país a uma desastrosa guerra com a Prússia. Ocupou o cargo de primeiro-ministro da Dinamarca.

VidaEditar

Carlos Christian Hall nasceu em Copenhague em 25 de fevereiro de 1812. Estudou direito e, em 1848, tornou-se líder do Partido Nacional Liberal. Serviu como ministro da igreja, educação e cultura em 1854-57. Apoiou o antigo programa Eider do seu partido, favorecendo a incorporação do Ducado de Eslésvico ao estado dinamarquês. Como primeiro-ministro, a partir de 1857 (e também como ministro das Relações Exteriores de 1858), tentou aproximar Eslésvico da Dinamarca, apesar das objeções da Prússia. Hall aprovou a constituição de novembro de 1863, que incorporou o ducado na Dinamarca e que logo levou à guerra com os estados alemães. Recusou a participação em um novo governo liderado por seu companheiro nacional liberal Ditlev Gothard Monrad, que foi formado em dezembro de 1863. A guerra se mostrou desastrosa à Dinamarca no ano seguinte, e Hall pediu e ganhou aceitação de termos de paz humilhantes, que separaram Eslésvico e Holsácia da monarquia dinamarquesa e cedeu-os à Prússia e à Áustria. Hall novamente foi ministro da igreja, educação e cultura em 1870-74 e foi eleito presidente do Partido Conservador na câmara baixa do parlamento em 1879. Faleceu em Copenhague em 14 de agosto de 1888.[1]

Referências

BibliografiaEditar

Precedido por
Carl Christoffer Georg Andræ
Primeiro-ministro da Dinamarca
13 de Maio de 1857 - 2 de Dezembro de 1859
Sucedido por
Carl Edvard Rotwitt
Precedido por
Carl Edvard Rotwitt
Primeiro-ministro da Dinamarca
24 de Fevereiro de 1860 - 31 de Dezembro de 1863
Sucedido por
Ditlev Gothard Monrad