Abrir menu principal
Carl Roman Abt
Nascimento 16 de julho de 1850
Bünzen
Morte 1 de maio de 1933 (82 anos)
Lucerna
Nacionalidade Suíça Suíço
Campo(s) Engenharia mecânica

Carl Roman Abt (Bünzen, 16 de julho de 1850Lucerna, 1 de maio de 1933[1]) foi um engenheiro mecânico, inventor e empresário suíço.

Foi autor de inovações revolucionárias em sistemas de cremalheira em ferrovias, dando seu nome a um dos mais usados sistemas para ferrovias de montanha, o sistema Abt.[1]

Mount Lyell Mining and Railway Company No. 3, um tipo de locomotiva Abt

BiografiaEditar

Abt nasceu em 16 de julho de 1850 em Bünzen. Em 1882, quando trabalhava em Paris, projetou e patenteou seu sistema de cremalheiras que permitiu que pelo menos um dente da cremalheira esteja sempre engrenado. O sistema foi usado a primeira vez na Ferrovia Rübeland na cadeia de montanhas do Harz, Alemanha.[1] Abt também desenvolveu "desvio de Abt" auto-regulador para ferrovias funiculares e comandou a construção de 72 ferrovias de montanha em diversas partes do globo, incluindo a Brig-Visp-Zermatt, a Ferrovia de Gornergrat, a Furka-Oberalp e Ferrovia Monte Generoso. A mais famosa ferrovia construída com o sistema Abt é a Ferrovia Arica–La Paz na Bolívia.[1]

Em 1903, como presidente da companhia Linha do Gotardo, Abt liderou negociações de recompra com a Confederação Germânica durante a nacionalização de companhias ferroviárias privadas. Abt recebeu diversas honrarias, incluindo doutorado honoris causa da Universidade de Hanôver e a Medalha John Scott em 1882.

Referências

  1. a b c d Herring, Peter (2000).

BibliografiaEditar

  • Herring, Peter (2000). Ultimate Train, Dorling Kindersley Limited, London, 2000, p. 144. ISBN 0-7513-0698-3
  • Wägli, Hans G. (2005). Carl Roman Abt. In: Sieben Bergbahnpioniere. Zürich 2005. S. 23--34. Schweizer Pioniere der Wirtschaft und Technik. Bd. 81.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.