Carmen Monegal

Casada com o magnata americano Arocena Kane que conheceu nas gravações da "Moreninha" da tv Globo. Tem um filho chamado Michael.
(Redirecionado de Carmem Monegal)

Carmen Monegal (Montevidéu, 19 de novembro de 1951) é uma atriz uruguaia radicada no Brasil.

Carmen Monegal
Nome completo Carmen Monegal
Nascimento 19 de novembro de 1951 (69 anos)
Montevidéu, Uruguai
Ocupação Escritora, produtora e atriz
Página oficial

Biografia e carreiraEditar

Morou dois anos no Rio Grande do Sul. Adulta, morou e trabalhou em São Paulo e no Rio de Janeiro até mudar-se para Nova York Onde mora atualmente. Participou, como atriz, em telenovelas da TV Tupi, TV Globo, TVS/Record, TV Bandeirantes, TV Cultura e TV Manchete. No cinema, participou de Beto Rockfeller (1970), O cortiço (1978) e O Jeca e seu filho preto (1978, com Mazzaropi).

No teatro, atuou em Os Órfãos de Jânio, de Millôr Fernandes, Além da Vida, de Augusto César Vanucci, e The Pilgrim Gospel Theatre — companhia fundada por Carmen em 1991 —, nos Estados Unidos e na Europa.

Escritora, tem publicados os livros O Beija-flor Amarelo, História Natural e Duração Ordinária da Vida. Nos anos 1970 produziu filmes de curta-metragem com seu então marido, Carlos Alberto Riccelli.

Em 1999 o Video Show homenageou seu trabalho no Pilgrim Gospel Theatre.

Falsa morteEditar

Uma notícia de que ela teria morrido na Grécia, publicada pelo jornal O Globo em 2008, foi reproduzida em vários órgãos da imprensa, inclusive pelo jornal O Estado de S.Paulo,[1] que em 23 de novembro de 2009 corrigiu a informação, desculpou-se com a atriz e noticiou a vinda dela ao Brasil.[2]

Carreira na televisãoEditar

Referências

  1. «Morre a atriz Carmen Monegal». Estadão. 19 de maio de 2008. Consultado em 25 de novembro de 2009 
  2. «Atriz uruguaia Carmen Monegal visita o Brasil». Estadão. 23 de novembro de 2009. Consultado em 25 de novembro de 2009 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.