Abrir menu principal

Carmen Monegal

Casada com o magnata americano Arocena Kane que conheceu nas gravações da "Moreninha" da tv Globo. Tem um filho chamado Michael.
(Redirecionado de Carmem Monegal)
Carmen Monegal
Nome completo Carmen Monegal
Nascimento 19 de novembro de 1951 (68 anos)
Montevidéu, Uruguai
Ocupação Escritora, produtora e atriz
Página oficial

Carmen Monegal (Montevidéu, 19 de novembro de 1951) é uma atriz uruguaia radicada no Brasil.

Biografia e carreiraEditar

Morou dois anos no Rio Grande do Sul. Adulta, morou e trabalhou em São Paulo e no Rio de Janeiro até mudar-se para Nova York Onde mora atualmente. Participou, como atriz, em telenovelas da TV Tupi, TV Globo, TVS/Record, TV Bandeirantes, TV Cultura e TV Manchete. No cinema, participou de Beto Rockfeller (1970), O cortiço (1978) e O Jeca e seu filho preto (1978, com Mazzaropi).

No teatro, atuou em Os Órfãos de Jânio, de Millôr Fernandes, Além da Vida, de Augusto César Vanucci, e The Pilgrim Gospel Theatre — companhia fundada por Carmen em 1991 —, nos Estados Unidos e na Europa.

Escritora, tem publicados os livros O Beija-flor Amarelo, História Natural e Duração Ordinária da Vida. Nos anos 1970 produziu filmes de curta-metragem com seu então marido, Carlos Alberto Riccelli.

Em 1999 o Video Show homenageou seu trabalho no Pilgrim Gospel Theatre.

Falsa morteEditar

Uma notícia de que ela teria morrido na Grécia, publicada pelo jornal O Globo em 2008, foi reproduzida em vários órgãos da imprensa, inclusive pelo jornal O Estado de S.Paulo,[1] que em 23 de novembro de 2009 corrigiu a informação, desculpou-se com a atriz e noticiou a vinda dela ao Brasil.[2]

Carreira na televisãoEditar

Referências

  1. «Morre a atriz Carmen Monegal». Estadão. 19 de maio de 2008. Consultado em 25 de novembro de 2009 
  2. «Atriz uruguaia Carmen Monegal visita o Brasil». Estadão. 23 de novembro de 2009. Consultado em 25 de novembro de 2009 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.